Publicado: 11/10/2018 - 12:52 | Atualizado: 15/10/2018 - 16:07
Publicado: 11/10/2018 - 12:52 | Atualizado: 15/10/2018 - 16:07

Previc conta com pedido para 121 vagas ainda em análise

Solicitação para a abertura do concurso da Previc é para os cargos de especialista, analista, técnico, administrador e atuário. Oportunidades nos níveis médio e superior de ensino

Pedido no Planejamento

JC Concursos - Camila Diodato - Informe o Erro

Segue em avaliação no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o último pedido para a realização do concurso público da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). No ano passado, o próprio Ministério da Fazenda enviou uma solicitação que prevê 121 vagas distribuídas entre cargos de níveis médio e superior. 

O Serviço de Informações ao Cidadão do MPDG chegou a informar que o requerimento refere-se aos cargos de  especialista em previdência social (48 oportunidades), analista administrativo (23), técnico administrativo (39), administrador (11) e atuário (7).

A carreira de técnico requer apenas ensino médio concluído em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), enquanto as demais funções aceitam profissionais com formação superior em diversas áreas de atuação.

O próximo passo para a realização do concurso da Previc é a autorização por parte do ministro do MPDG. Assim que sair o aval será possível iniciar os preparativos da seleção.

Concurso Previc: edital anterior

A Previc lançou, em 2010, um processo seletivo com 100 postos destinados a profissionais com níveis médio e superior. Na ocasião, o Cespe/UnB organizou o certame e as chances foram lotadas no Distrito Federal e em Minas Gerais.

Profissionais com certificado de ensino médio conseguiram se candidatar à colocação de técnico administrativo, que apresentou 20 oportunidades.

Aos candidatos com formação superior foram disponibilizadas vagas para os cargos de analista administrativo/administrativa (14), analista administrativo/contábil (1), analista administrativo/tecnologia da informação (5), especialista em previdência complementar/atuarial (27) e especialista em previdência/finanças e contábil (33).

Na época, as remunerações iniciais oferecidas pela superintendência oscilaram entre R$ 4.582,79 e R$ 10.019,20.

A triagem ocorreu por meio de provas objetivas e testes discursivos para todos os participantes. Depois houve contagem por ponto de títulos para especialista.

Sobre a Previc

Criada pela lei nº 12.154, de 23 de dezembro de 2009, a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) é uma autarquia de natureza especial, dotada de autonomia administrativa e financeira e patrimônio próprio, vinculada ao Ministério da Previdência Social e com sede e foro no Distrito Federal.

A Previc atua em todo o território nacional como entidade de fiscalização e de supervisão das atividades das entidades fechadas de previdência complementar. Ela é responsável também pela execução das políticas para o regime de previdência complementar, operado pelas entidades fechadas de previdência complementar (EFPC), observadas as disposições constitucionais e legais aplicáveis.

Os escritórios regionais do órgão estão localizados nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco.

Vídeos Previc

Saiba mais sobre cotas em concursos


Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping