62 vagas

Concurso PGE SP aguarda envio de nova solicitação

Todas as oportunidades do concurso da PGE SP (Procuradoria Geral do Estado de São Paulo) serão para oficial administrativo, de nível médio. O salário inicial chega a R$ 1,9 mil

Camila Diodato e Fernando Cezar Alves
Publicado em 11/03/2019, às 11h00

Quem pretende participar do novo concurso público da PGE SP (Procuradoria Geral do Estado de São Paulo) para o preenchimento de 62 vagas para o cargo de oficial administrativo deverá ter um pouco mais de paciência. Acontece que, de acordo com informações obtidas com a assessoria de imprensa do órgão,  ainda não foi encaminhada nova solicitação à Secretaria de Governo para dar prosseguimento aos preparativos do certame, autorizado em 8 de maio de 2018.

O processo de elaboração já estava em andamento, até 3 de janeiro, quando o governador João Doria publicou o decreto 64.069/19, que determina que sejam reavaliadas as autorizações de abertura de concurso público cujas inscrições ainda não tenham sido anunciadas. Somente após o envio do pedido de reavaliação, os preparativos do concurso poderão ser eventualmente retomados.   

A comissão já está criada e a banca organizadora deve ser escolhida  após o governo reavaliar os certames estaduais liberados no ano passado.  

Vale lembrar que a equipe é presidida por Vinicius Teles Sanches, cuja suplente é Camila Rocha Cunha Viana, e composta por pelos seguintes integrantes: Valter Farid Antonio Junior, Lucia de Faria Freitas, Maria Elizabeth Ikeda e Valéria Aparecida Velloso. Os suplentes do grupo são Fabio Augusto Daher Montes, Renata Santiago Pugliese, Rosa Monica Pessoa de Menezes e Regiane Yumi Fujita.

O cargo de oficial aceita candidatos com ensino médio completo. A remuneração inicial corresponde a R$ 1.562,23, no caso de 50% do Prêmio de Incentivo à Produtividade e Qualidade (PIPQ), podendo chegar a R$ 1.981,82, se for 100% do prêmio.

Atribuições do oficial administrativo

Cabe ao oficial administrativo da PGE SP executar tarefas de apoio administrativo, de média complexidade, em diversas áreas, sob supervisão direta; prestar atendimento ao público externo e interno, sobre assuntos relacionados à sua área de atuação; efetuar o controle simples de registro de papéis de interesse em sua área de atuação; redigir correspondências de natureza simples; arquivar processos, leis, publicações, atos normativos e documentos diversos de interesse da unidade administrativa, segundo normas preestabelecidas; preencher fichas de registro e formulários, conferindo as informações e os documentos originais; elaborar, sob orientação, demonstrativos e relações, realizando os levantamentos necessários; digitar textos e documentos em geral; dar suporte administrativo na realização de eventos, reuniões e outras atividades específicas; e desenvolver outras atividades pertinentes e necessárias ao desempenho das funções do cargo. 

Último concurso PGE SP para oficial

No final de 2011 foi lançado um edital para o preenchimento de 250 oportunidades na carreira de oficial administrativo. A banca organizadora, na ocasião, foi o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

As chances ficaram distribuídas entre a capital (129 vagas) e as unidades da Grande São Paulo (25), Santos (7), Taubaté (7), Sorocaba (10), Campinas (17), Ribeirão Preto (10), Bauru (10), São José do Rio Preto (7), Araçatuba (5), Presidente Prudente (8), Marília (5), São Carlos (4) e Brasília/DF (6).

Os participantes do concurso PGE SP foram submetidos a uma prova objetiva com 80 questões de múltipla escolha, sendo 25 de língua portuguesa, 25 de matemática e raciocínio lógico, 15 de noções de informática e 15 de conhecimentos específicos (legislação).

Orgão: PGE SP
Nº vagas: 62
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Oficial
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 1.562,23 Até R$ 1.981,82
Estados com Vagas: SP

Mais Lidas