Temporárias

Concurso Sema MT: último dia para 50 postos de analista

Ofertas do concurso da Sema/MT (Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Mato Grosso) são destinadas a candidatos de nível superior. Salário oferecido é de R$ 7 mil

0,00(0.0%)0 voto(s)

Patricia Lavezzo
Publicado em 23/05/2019, às 09h07

None
Divulgação/Gcom-MT

Terminam nesta quinta-feira, dia 23 de maio, as inscrições do concurso para analista de meio ambiente da Sema/MT (Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Mato Grosso). Oferta é de 50 vagas temporárias, além de formação de cadastro reserva, com lotação no município de Cuiabá.

A carreira exige nível superior em geografia, biologia, engenharia agronômica, engenharia florestal ou engenharia ambiental. O salário inicial é de R$ 7.003,16 para jornada de trabalho semanal de 40 horas.

De acordo com o edital do concurso da Sema/MT, são atribuições do analista de meio ambiente:

  • promover e realizar o cadastro ambiental rural;
  • gerar informações e iniciativas que otimizem o cadastro;
  • analisar e monitorar as informações prestadas pelo agente envolvido;
  • avaliar e aprovar a regularização ambiental das propriedades e posses rurais localizados no Estado de Mato Grosso.

Etapas do concurso da Sema MT

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet, através do site da banca organizadora, que é www.unemat.br/seletivos. Será cobrada uma taxa de participação, no valor de R$ 120, e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite de 24 de maio. O candidatos deverá anexar os seguintes documentos:

  • RG ou documento equivalente, com foto;
  • CPF;
  • diploma de graduação (frente e verso) conforme requisito de formação exigida;
  • documentos comprobatórios para pontuação na avaliação de títulos.

O concurso da Sema/MT será constituído de análise de títulos, caráter eliminatório e classificatório. O resultado será divulgado no dia 7 de junho e os recursos serão aceitos entre os dias 10 e 11 desse mesmo mês. A previsão é de que o resultado final seja publicado em 21 de junho.

Comentários

Mais Lidas