Níveis médio e superior

Concurso Detran ES 2019 ainda depende de decisão governamental

Concurso público autorizado para o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) do Espírito Santo é para 94 vagas, sendo 80 para o cargo de técnico, que pede apenas ensino médio para concorrer, com remuneração inicial de R$ 2,4 mil

Fernando Cezar Alves
Publicado em 06/05/2019, às 10h52

Sede do Detran do Espírito Santo
Divulgação

A realização do concurso público Detran/ES  2019 (Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo) ainda depende exclusivamente de parecer por parte do governador Renato Casagrande. Em 2 de janeiro, Casagrande publicou um decreto que suspendia a realização de novos certames até 30 de abril. Desta forma, concursos autorizados em 2018, pelo então governador Paulo Hartung, estão sendo reavaliados. Com o término do prazo, a expectativa é de que alguma definição seja anunciada em breve. 

A seleção do concurso Detran ES é esperada desde agosto, quando Hartung deu aval para o preenchimento de  94 vagas, sendo 80 para o cargo de assistente de trânsito e 14 para analista de trânsito. No caso de assistente, para concorrer é necessário possuir formação de ensino médio, com remuneração inicial de R$ 2.409,75 e para analista, os interessados devem possuir formação de nível superior em diversas áreas, com inicial de R$ 5.179,94. 

A comissão multidisciplinar, com  finalidade realizar o processo de escolha da banca organizadora da seleção, chegou a ser formada em novembro.

No caso de analista, normalmente as áreas exigidas para ingresso são as de administração, análise de sistemas, ciências da computação, arquitetura, economia, psicologia e serviço social.

• CURSO CONCURSO DETRAN ES 2018 - ANALISTA E ASSISTENTE DE TRÂNSITO

A comissão multidisciplinar é formada por dois servidores: Tamara Matos de Moura e  Paula Mageski Cardoso e não deve ser confundida com a comissão do concurso, que já havia sido formada e tem por finalidade a elaboração do edital. 

A comissão geral do concurso é presidida pela servidora Ana Claudia Passos Santos Silva (Seger) e conta, ainda, com os seguintes membros: Claudine Horta (Seger), Ana Maria F. Henrique Deorce (Seger), Kamilla Mota Neiva (Seger), Taisa Andrade Soares (Seger), Ticiana Lilian Zaupa (Seger), Heloiza da Rocha Rodrigues (Seger), Jorge Eduardo Francisco Cardoso (Iases), Joseani Martins Cardoso (Iases), Marleide Rodrigues da Silva (ARSP), Alieda Alves Coutinho (ARSP),  Chander Rian de Castro Freitas (Iema), Jacqueline Miceli Chicralla (Iema), Carlos Lourenço Danielli Nogueira (Ipem), Indiana Nascimento Silva de Oliveira (Ipem), Rodrigo Borges Ramalho (IOPES), Camila Rodrigues Lobo (IOPES), Tamara Matos de Moura (Detran) e Paula Mageski Cardoso (Detran). 

Como foi o último concurso do Detran ES

A última seleção do Detran/ES ocorreu em 2010. Na ocasião, a oferta foi de 50 vagas, sendo 20 para o cargo de assistente técnico de trânsito e 30 para técnico superior, nas áreas de administração, direito, análise de sistemas, contabilidade, estatística, jornalismo e psicologia. A banca, na ocasião, foi o Cespe/UnB.

Para todos os cargos, a seleção contou com 120 questões objetivas, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. No caso de nível superior também foram cobradas duas questões discursivas de conhecimentos específicos.

No caso de técnico de ensino médio, a parte de conhecimentos gerais contou com temas sobre língua portuguesa, informática e raciocínio lógico. Em conhecimentos específicos, administração pública e legislação de trânsito.

Para nível superior, a parte de conhecimentos básicos versou sobre língua portuguesa, informática, raciocínio lógico, administração pública e legislação de trânsito.

 

 

 

 

 

 

Comentários

Mais Lidas