Temporárias

Professor: saiu convocação para prova do concurso SEC BA

Avaliação objetiva ocorre neste domingo (9). Com 295 vagas, concurso da SEC BA 2019 (Secretaria da Educação da Bahia) tem oportunidades distribuídas entre todo o Estado

0,00(0.0%)0 voto(s)

Samuel Peressin
Publicado em 05/06/2019, às 09h55

Aluno da SEC BA realiza atividade em computador durante aula de informática
Divulgação

Foi divulgada a convocação para a prova objetiva do concurso da SEC BA (Secretaria da Educação da Bahia) destinado a preencher 295 vagas temporárias de professor de educação profissional, além de formar cadastro reserva. 

Marcada para este domingo (9), a avaliação cobrará a resolução 50 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, noções de igualdade racial/gênero, conhecimentos contextuais e conhecimentos específicos.

O processo seletivo inclui, ainda, análise de títulos. Os documentos comprobatórios foram recebidos pela comissão organizadora do concurso, via postal, durante o período de inscrições, entre 30 de abril e 14 de maio.

Vagas no concurso SEC BA

As chances estão distribuídas entre Núcleos Territoriais de Educação que abrangem os 417 municípios do Estado. Podem participar docentes com diploma de nível superior em curso de licenciatura, bacharelado ou tecnólogo.

Há oportunidades para lecionar nas áreas de enfermagem, agricultura, administração, informática, logística, secretariado, segurança do trabalho, agropecuária, contabilidade, entre outras disciplinas (confira a lista completa aqui).

Os professores cumprirão jornada semanal de 20 horas e terão remuneração inicial de R$ 1.713,46, já considerando a gratificação por ocupação de função temporária. A pasta também concederá auxílio transporte por dia trabalhado.

Os aprovados no concurso da SEC BA terão contrato válido por dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais dois, a critério da pasta, conforme estabelece o edital.

O que faz o professor

De acordo com edital do concurso da SEC BA, estão entre as atribuições do docente:

  • Atuar em Programas estaduais e federais de educação profissional, participar da elaboração da proposta pedagógica e do plano de desenvolvimento do estabelecimento de ensino;
  • elaborar e cumprir plano de trabalho e de aula, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino;
  • zelar pela aprendizagem dos alunos;
  • estabelecer estratégias de aprendizagem e de recuperação para os alunos de menor rendimento;
  • ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, a avaliação e ao desenvolvimento profissional;
  • colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade;
  • incentivar, orientar e estimular a participação dos estudantes na vida institucional da escola/curso e o mundo do trabalho no que se refere às práticas profissionais, conhecer e cumprir a legislação pertinente ao estágio curricular, conhecer e executar as diretrizes e normas complementares sobre a educação, e educação profissional;
  • elaborar, juntamente com os demais professores, os instrumentos de acompanhamento e avaliação referentes aos conhecimentos, habilidades e atitudes desenvolvidas na execução do estágio;
  • planejar, orientar, supervisionar, acompanhar e avaliar o desenvolvimento das atividades de estágio e o desempenho dos estagiários;
  • fornecer ao estudante - estagiário subsídios teórico-práticos e bibliográficos de modo a favorecer a sua aprendizagem;
  • controlar a frequência e a pontualidade dos alunos-estagiários;
  • realizar atividades para acompanhamento e orientação ao aluno-estagiário, com registro do seu desempenho;
  • comparecer aos locais de estágios assídua e pontualmente;
  • orientar o aluno-estagiário na elaboração dos planos e programas de estágio, inclusive o seu Relatório Final de Estágio;
  • proceder à avaliação do Relatório Final de Estágio;
  • elaborar, juntamente com os professores, os instrumentos de acompanhamento e avaliação referentes aos conhecimentos, habilidades e atitudes desenvolvidas na formação profissional;
  • criar e desenvolver estratégias de divulgação do curso, quanto às suas características e estrutura, junto à comunidade e aos alunos egressos da 8ª série;
  • participar do Conselho de Classe, fornecendo subsídios à Coordenação Pedagógica para análise e tomada de decisões sobre a vida escolar dos estudantes;
  • promover, juntamente com a equipe gestora, a articulação entre as unidades escolares com o mundo do trabalho.

Comentários

Mais Lidas