Tudo Sobre

Empregos Cate 2020

Cate reabre para realizar seguro-desemprego e auxílio emergencial

Nove unidades do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (Cate) serão reabertas a partir de quarta (29) para realizar os serviços, mas apenas para pessoas com atendimento agendado pelo telefone 156



Douglas Terenciano | douglas@jcconcursos.com.br
Publicado em 28/04/2020, às 13h22 - Atualizado às 13h54

auxílio emergencial
Divulgação

A Prefeitura de São Paulo abrirá a partir de quarta-feira, 29 de abril, nove unidades do Cate (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo) para apoiar a população mais impactada pela crise econômica causada pelo coronavírus. Serão prestados serviços às pessoas que estão com dificuldade para habilitar o seguro-desemprego e também acessar o auxílio emergencial do Governo Federal.

Para que não haja aglomeração de pessoas nas unidades dos Cates, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, em parceria com a Secretaria de Inovação e Tecnologia, agendará o atendimento exclusivamente pela central telefônica da Prefeitura no número 156. As pessoas que comparecerem às unidades do Cate sem agendamento prévio não serão atendidas e receberão a orientação de ligar para o 156 e marcar seu atendimento, voltando em outro dia.

“Apesar do seguro-desemprego e do auxílio emergencial poderem ser realizados pela internet, temos uma estimativa que pelo menos 500 mil pessoas na capital tem direito a esses benefícios, mas não têm acesso ou familiaridade com o mundo digital, necessitando do atendimento presencial”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso. “O prefeito Bruno Covas solicitou a abertura de unidades dos Cates na periferia para ajudar essa população que está mais vulnerável nesse momento. Tomaremos todos os cuidados para zelar pela saúde dos nossos funcionários e também por quem será atendido, por isso, para que não ocorram aglomerações, só serão atendidas pessoas mediante agendamento pela central 156”, completa.

Tem direito ao benefício do seguro-desemprego o trabalhador formal e doméstico, dispensado sem justa causa. O trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador também tem direito.

Já para ter direito ao auxílio emergencial do Governo Federal, será avaliada a renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa, e de até três salários mínimos por família. Podem receber os desempregados, trabalhadores informais, MEI – Microempreendedores Individuais, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais e contribuinte individual ou facultativo da Previdência Social.

“Adaptamos a Central SP156, canal de comunicação entre a população e a Prefeitura de São Paulo, para simplificar o acesso dos cidadãos e cidadãs a esse serviço, visando atendimento mais integrado e eficiente”, comenta o secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Juan Quirós.

Entenda como funciona o agendamento

As pessoas residentes em São Paulo que têm direito e não conseguiram se cadastrar para receber o seguro-desemprego e o auxílio emergencial do governo federal podem ligar para o telefone 156 da Prefeitura de São Paulo e agendar o atendimento presencial em uma das nove unidades do Cate, que serão abertas exclusivamente para esses serviços.

Os atendentes do 156 primeiramente verificarão se o cidadão tem condição de realizar o serviço pela internet nos portais do governo federal. Caso não seja possível, irão questionar se o CPF do cidadão está ativo. Se a pessoa não possuir CPF ou estiver com alguma restrição, será indicada a resolução desse problema para prosseguimento do atendimento.

Com o número de CPF ativo, os atendentes farão o agendamento do serviço presencial na unidade do Cate mais próxima da casa das pessoas, para que o deslocamento seja o menor possível, diminuindo a exposição dos cidadãos ao contágio do coronavírus. Além do local, o agendamento será realizado com data e hora marcada.

O atendimento é finalizado com a lista de documentos necessários para apresentar no dia da consulta e com o número de protocolo.

Chegando ao Cate, no dia e hora marcados, os atendentes do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo recepcionarão as pessoas conferindo se estão realmente agendadas. Em seguida, é feita a conferência dos documentos para encaminhamento aos guichês.

Caso todos os documentos estejam válidos e completos, as pessoas poderão sair do Cate com o seguro-desemprego habilitado ou o auxílio emergencial requerido junto à Caixa Econômica Federal.

Como acessar pela internet

Para ter acesso ao auxílio emergencial do Governo Federal é necessário entrar no portal da Caixa Econômica Federal ou baixar o aplicativo nas lojas disponíveis nos sistemas IOS e Android. O cidadão precisa estar com o CPF ativo para preencher a solicitação e ter os dados de membros da família, caso resida na mesma casa, assim como endereço completo. Também será solicitado o número de um celular para recebimento de SMS para validação do cadastro. São necessários ainda informações sobre renda e profissão antes da pandemia pelo coronavírus. Serão solicitados dados bancários, caso não tenha conta aberta, é possível fazer uma conta poupança digital pela Caixa Econômica Federal, na própria plataforma. Os dados enviados serão analisados e a resposta do direito ao benefício será realizada pelo aplicativo ou site.

O seguro-desemprego pode ser habilitado pelo site ou por celular no aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. A plataforma cruza informações disponíveis neste documento, assim é possível solicitar o serviço, desde a habilitação até o pagamento das parcelas a que tem direito. É necessário não ter sido dispensado por justa causa para dar andamento ao atendimento.

Unidades do Cate com atendimento emergencial

Zona Norte

Cate Brasilândia - Av. João Marcelino Branco, 95

Cate Jaçanã - Rua Luis Stamatis, 300

Cate Perus - Rua Ylídio Figueiredo, 349

Zona Sul

Cate Cidade Ademar - Av. Yervant Kissajikian, 416

Cate Interlagos - Av. Interlagos, 6122

Zona Leste

Cate Cidade Tiradentes - Rua Milagre dos Peixes, 357

Cate Itaquera - Rua Augusto Carlos Bauman, 851

Cate Sapopemba - Av. Sapopemba, 9064

Zona Oeste

Cate Butantã - Rua Doutor Ulpiano da Costa Manso, 201

Veja as carreiras em destaque no mercado de trabalho

+ Resumo Empregos Cate 2020

Cate - Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo
Vagas: 4053
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Motorista, Assistente, Vendedor, Porteiro, Atendente
Áreas de Atuação: Administrativa, Saúde, Operacional
Escolaridade: Alfabetizado, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: Prefeitura de São Paulo
Estados com Vagas: SP
Cidades: São Paulo - SP

+ Agenda

01/01/2019 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
31/12/2020 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
empregos

Comentários

Mais Lidas