Jovem tem capacitação para abrir próprio negócio

A Shell está em busca de pessoas de 20 a 34 anos para participarem de seu programa Iniciativa Jovem 2011. As atividades serão desenvolvidas na cidade do Rio de Janeiro, especificamente na região central e zona oeste.

Redação
Publicado em 29/12/2010, às 10h05

A Shell está em busca de pessoas de 20 a 34 anos que tenham espírito empreendedor para participarem de seu programa Iniciativa Jovem 2011. As atividades serão desenvolvidas na cidade do Rio de Janeiro (RJ), especificamente na região central e zona oeste.

Ao todo são selecionados anualmente 120 jovens. O projeto tem como meta capacitar e orientar essas pessoas para que elas desenvolvam e implementem seus próprios negócios, de maneira socialmente responsável.

Os interessados devem se enquadrar no seguinte perfil: precisam ter concluído o ensino fundamental (antiga 8ª série), ser empreendedores e levar consigo o sonho de ter seu próprio negócio.

As solicitações de inscrição serão aceitas até o dia 6 de fevereiro por meio do endereço eletrônico: www.iniciativajovem.org.br.

O processo de seleção consta de diversas etapas:

 - Seleção: a escolha dos candidatos é feita a partir do resultado do teste de perfil empreendedor e avaliação pessoal.

-  Laboratório de ideias: etapa dinâmica e interativa na qual os candidatos serão avaliados do ponto de vista prático e participativo. São três encontros de quatro horas e 60 jovens serão classificados para a oficina de projetos.

- Oficina de projetos: capacitação empreendedora, com duração de 128 horas. Os candidatos terão aulas e noções de: empreendedorismo; estratégia, inovação e conhecimento; estudos de mercado; marketing; finanças para empreendedores; contabilidade; gerenciamento de pessoas; noções de direito para empreendedores; ética empresarial; responsabilidade social; e redes.

Os jovens que concluírem essa fase de capacitação terão seus planos de negócio avaliados por uma banca de seleção e 30 projetos serão classificados para a fábrica de negócios.

- Fábrica de negócios: essa fase tem duração de aproximadamente seis meses. Os participantes contarão com o apoio técnico de consultorias e mentoria para colocar em prática seus planos de negócio. É a etapa de conclusão e legalização dos empreendimentos.

Luana Almeida

Veja também:

Universidade São Judas: cursos de férias têm início em janeiro

Brasília/DF:Correios buscam 85 para bolsa-auxílio de R$ 403

Comentários

Mais Lidas