MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Mario Frias sofre ataque cardíaco novamente e é internado às pressas em Brasília; Entenda

Desde que entrou para o Governo Federal o ator Mario Frias vem sofrendo com problemas recorrentes no coração. Relembre os casos

Glícia Lopes* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 05/07/2022, às 20h17

Ator Mario Frias de terno e gravata. | Foto: Agência Brasil
Ator Mario Frias de terno e gravata. | Foto: Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Governo Federal vem trazendo problemas para o coração de Mario Frias. Isso porque, desde que assumiu a Secretaria Especial da Cultura, em 2020, o ator de 50 anos e ex-secretário da pasta já sofreu três ataques cardíacos. O fato se repetiu na noite da última segunda-feira (4), quando Mario foi internado na UTI após mais um infarto.

O pré-candidato a deputado federal, pelo Partido Liberal (PL-SP), postou em suas redes sociais o boletim médico sobre seu quadro de saúde. Disse, ainda, que não poderia participar das agendas de compromissos estipuladas a ele para os próximos dias. Confira o post:

+++ Quais são os profissionais mais bem pagos da medicina? Confira!

Confira a trajetória de infartos de Mario Frias

Em dezembro de 2020, meses após tomar posse no cargo de secretário da Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias teve um princípio de infarto e foi submetido ao cateterismo, um exame invasivo que tem por objetivo verificar se as artérias coronárias estão obstruídas ou, ainda, avaliar o funcionamento do coração.

Em maio do ano passado, Mario precisou ser internado com urgência novamente, após apresentar complicações cardíacas. Assim, o ator passou mais uma vez pelo procedimento do cateterismo, sendo a segunda vez em que realizou esse procedimento, no período curto de seis meses.

+++ PEC das Bondades: quem terá direito aos benefícios prometidos pelo governo?

De acordo com o cardiologista Marcelo Franken, diretor da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), infartos recorrentes não são comuns, mas quanto mais acontece, maior é a chance de repetição.

A O Globo, o cardiologista explica que “a taxa de recorrência de um infarto, ou seja, o risco de ter um novo evento cardiovascular em um período de 12 meses após o primeiro, varia de 3 a 7%. A probabilidade disso acontecer é maior nos primeiros 30 dias e diminui ao longo do tempo”.

*com informações da Agência O Globo

+++ Acompanhe as principais informações sobre Saúde no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.