MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Agronegócio: Plano Safra 2022/2023 terá R$ 340 bilhões em financiamento; confira

Expectativa do Plano Safra é atingir o mercado de finanças privadas do agro. Valor esse ano teve um aumento de 36% em relação ao ano passado

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 30/06/2022, às 17h51

Expectativa do Plano Safra é atingir o mercado de finanças privadas do agro
Expectativa do Plano Safra é atingir o mercado de finanças privadas do agro - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Plano Safra 2022/2023 vai disponibilizar R$ 340,88 bilhões em financiamento para apoiar a agropecuária nacional até junho do próximo ano. De acordo com o Ministério da Agricultura, o valor deste ano representa um aumento de 36% em relação ao do ano passado, no qual foram disponibilizados R$ 251 bilhões. O plano foi lançado na quarta-feira (29) pelo governo federal.

Do total de recursos disponíveis, R$ 246,28 bilhões serão destinados a custeio e comercialização, um aumento de 39% em relação ao ano anterior. Outros 94,6 bilhões de reais serão utilizados para investimentos, um aumento de 29%. O novo plano foi anunciado durante uma cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença de Bolsonaro, do ministro da Agricultura, Marcos Montes, além de diversas outras autoridades.

O ministro Marcos pontes destacou que o programa atende a todos os setores do agronegócio e tem como foco o compromisso de responsabilidade fiscal do governo e da sociedade, “um Plano Safra com valor muito expressivo, R$ 341 bilhões diante de R$ 252 na safra passada, e com taxas de juros compatíveis e inferiores às taxas de mercado, inferiores até à taxa Selic", ressaltou.

+++Saiba valor fixado pelo TSE para cada candidato gastar na campanha para presidente

Expectativa do Plano Safra é atingir o mercado de finanças privadas do agro

Os recursos com juros controlados totalizaram 195,7 bilhões de reais e os recursos não pagos totalizaram 145,18 bilhões de reais. De acordo com o governo, o valor dos recursos equalizados, a parcela de juros que não é cobrada dos tomadores, subiu 31%, para 115,8 bilhões de reais na próxima safra.

O novo Plano Safra também aumenta a probabilidade de utilização dos recursos da Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) de 50% para 70%. As LCAs são títulos de renda fixa emitidos por bancos para financiar atividades agrícolas. De acordo com as expectativas do governo, a medida vai gerar uma fatia maior do mercado privado de agrofinanças à medida que títulos como CPR, CDCA, CRA se expandem, além de LCA.

Outra linha de financiamento planejada para o Plano Safra é o Inovagro, que terá um recurso de 3,51 bilhões de reais a uma taxa de juros anual de 10,5%. Essa categoria financia os investimentos necessários para estimular a inovação tecnológica e a adoção de boas práticas agrícolas e de gestão da propriedade.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.