MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Arthur do Val: após declarações polêmicas, Alesp recebe pedidos de cassação

Alesp recebe pedidos de cassação contra o deputado estadual por SP, Arthur do Val (Podemos), o Mamãe Falei, sobre declarações polêmicas na Ucrânia

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 07/03/2022, às 20h52

Alesp recebe pedidos de cassação contra o deputado estadual por SP, Arthur do Val (Podemos), o Mamãe Falei
Alesp recebe pedidos de cassação contra o deputado estadual por SP, Arthur do Val (Podemos), o Mamãe Falei - Reprodução Youtube
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Declarações feitas pelo deputado estadual Arthur do Val (Podemos), conhecido na internet como “Mamãe Falei” gerou repúdio entre internautas e a classe política brasileira. Na última sexta-feira (4), o até então pré-candidato ao governo de São Paulo, realizou uma viagem até o país do Leste Europeu para acompanhar de perto a Guerra na Ucrânia, no sentido de contribuir com o conflito contra o exército russo e ajudar na produção de coquetéis molotov. 

Enquanto estava na Ucrânia, o deputado enviou áudios em grupos de Whatsapp, com teor sexista sobre as mulheres ucranianas. Ao afirmar que pretende voltar ao Leste Europeu porque as mulheres são “fáceis” por serem pobres. 

“Assim que essa guerra passar eu vou voltar pra cá. E detalhe, elas olham. E são fáceis, porque elas são pobres. E aqui minha carta do Instagram, cheio de inscritos, funciona demais. Não peguei ninguém, a gente não tinha tempo, mas colei em dois grupos de minas e é inacreditável a facilidade”, disse Arthur do Val em áudio vazado.

+ Após declarações polêmicas, Podemos pode punir Arthur do Val, o Mamãe Falei

Arthur do Val: Alesp recebe pedido de cassação

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) já recebeu dez representações pedindo a cassação do mandato do deputado estadual Arthur do Val (Podemos), popularmente conhecido como Mamãe Falei.

Na chegada ao Brasil, o deputado deu entrevistas confirmando ser o autor do áudio e retirou sua pré-candidatura ao governo de São Paulo. Ele reconheceu ter cometido “um erro em um momento de empolgação”.

“Não é isso que eu penso. O que eu falei foi um erro em um momento de empolgação. A impressão que está passando aqui é que eu cheguei lá, tinha um monte de gente, e eu falei: 'quem quer vir comigo que eu vou comprar alguma coisa'. Não é isso. Eu fui pra fazer uma coisa, mandei um áudio infeliz e a impressão que passou é que fui fazer outra coisa”, disse o parlamentar. 

Saiba como tramitará na Alesp os pedidos de cassação 

As representações recebidas pela Alesp serão analisadas pelos nove deputados que compõem o conselho, após serem comunicados, bem como o deputado Arthur do Val será notificado. 

Os pedidos de cassação devem tramitar no Conselho de Ética pelo período entre 30 e 40 dias. Ao concluir o processo, ele pode ser absolvido, advertido ou até mesmo perder o mandato de maneira provisória ou definitiva. Em relação à decisão de perder o mandato, seja ele temporário ou permanente, a medida precisará ser votada em plenário. O partido do parlamentar, o Podemos, já informou que irá abrir procedimento disciplinar interno contra ele.  

* Com Agência Brasil 

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.