MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Bolsa Família distribui mais de R$ 14 bi a 20,9 mi de famílias em julho; veja quem recebe hoje

Governo Federal realiza o pagamento do Bolsa Família para 20,9 milhões de famílias em julho, totalizando um investimento de R$ 14 bilhões. Veja quem recebe e o calendário de pagamentos do principal programa social do país

Bolsa Família distribui mais de R$ 14 bi a 20,9 mi de famílias em julho; veja quem recebe hoje
Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 18/07/2023, às 10h41 - Atualizado em 31/07/2023, às 07h54

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Bolsa Família finalizou o pagamento para 300 mil novas famílias no mês de julho, aumentando o número total de lares beneficiados para 20,9 milhões. Desde o relançamento do programa em março, o Governo Federal adotou diversas ações, resultando na inclusão de 1,3 milhão de lares em todo o país.

O investimento deste mês somou R$ 14 bilhões, sendo que o valor médio recebido por cada família foi de R$ 684,17.

Nesta segunda-feira (31), o Bolsa Família foi liberado para os beneficiários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 0. Os recursos já foram liberados para os outros beneficiários nas últimas duas semanas. 

+Concursos públicos da banca Vunesp abertos pagam salário quase R$ 15 mil; Veja lista

Bolsa Família: Regra de Proteção garante estabilidade financeira por até dois anos

Quase 2,2 milhões de famílias estão neste mês na Regra de Proteção, que concede um período de estabilidade financeira aos beneficiários que elevem a renda para até meio salário mínimo (R$ 660) por integrante.

Nesse caso, a família continua no programa por até dois anos, recebendo 50% do valor a que teria direito, incluindo os adicionais para crianças, adolescentes e gestantes. 

Distribuição dos benefícios e perfis dos beneficiários

O cálculo do repasse do Bolsa Família é feito com base no Benefício Renda de Cidadania, que corresponde a R$ 142 por integrante da família. Dependendo da composição familiar, pode ser necessário o repasse do Benefício Complementar para que o valor mínimo de R$ 600 seja alcançado. Em julho, 19 milhões de famílias estão recebendo o complemento, totalizando R$ 4,97 bilhões.

O programa ainda oferece Benefícios Adicionais, como o Benefício Primeira Infância, de R$ 150 para crianças de zero a seis anos, e o Benefício Variável Familiar, de R$ 50 para gestantes, crianças e adolescentes de sete a 18 anos incompletos. Ao todo, 9,13 milhões de crianças e 881,7 mil gestantes são beneficiadas. Para adolescentes de 16 a 18 anos incompletos, o repasse soma R$ 114 milhões.

+Preço da carne pode ter nova queda surpreendente com aumento de produção no Brasil

Distribuição regional e calendário de pagamentos

Do total de beneficiários do Bolsa Família em julho, 31,3 milhões são mulheres, correspondendo a 57,8% do total, e 73,3% são de cor preta/parda. A região Nordeste concentra o maior número de famílias atendidas, com 9,59 milhões de lares contemplados, seguida pelo Sudeste, com 6,21 milhões de famílias. O Norte apresenta o maior benefício médio, de R$ 721,02, para 2,55 milhões de famílias atendidas.

Os pagamentos do Bolsa Família seguem um calendário escalonado, iniciando em 18 de julho para os beneficiários com NIS final 1 e encerrando em 31 de julho para aqueles com NIS final 0. Exceto em casos de emergência ou calamidade reconhecida, quando o pagamento é unificado para o primeiro dia do calendário.

Calendário de Pagamentos do Bolsa Família
Divulgação Ministério do Desenvolvimento Social

+Vereadores aprovam reajustes salariais de até 199% em SP, mesmo com protestos; Veja cidades

Integração dos dados com o CNIS resulta no cancelamento de 341 mil famílias

A partir deste mês, entra em vigor a integração dos dados do Bolsa Família com o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Com esse cruzamento de dados, 341 mil famílias foram canceladas do programa por ultrapassarem os critérios de renda estabelecidos. O CNIS conta com mais de 80 bilhões de registros administrativos, abrangendo informações sobre renda, vínculos de emprego formal e benefícios previdenciários e assistenciais pagos pelo INSS.

Auxílio Gás

O Auxílio Gás é um benefício social que é pago de forma bimestral. Como o último pagamento foi realizado no mês de junho, a liberação dos recursos não será efetuada em julho. Contudo, ele voltará a ser liberado no mês que vem, em agosto.

Apenas têm direito ao Auxílio Gás aqueles que estão cadastrados no CadÚnico e possuem pelo menos um membro da família que recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A legislação que instituiu esse programa estabelece que a mulher que é responsável pela família terá prioridade, assim como mulheres que são vítimas de violência doméstica.

+++Acompanhe as principais informações Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.