MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Bolsonaro sinaliza reajuste para PRF e pede “compreensão” dos outros servidores

Presidente Jair Bolsonaro elogia a atuação da Polícia Rodoviária Federal nos últimos três anos e destaca a importância da categoria para a sociedade

Victor Meira - victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 22/02/2022, às 08h01

Bolsonaro sinaliza reajuste para PRF e pede “compreensão” dos outros servidores
Bolsonaro sinaliza reajuste para PRF e pede “compreensão” dos outros servidores - Alan Santos/PR
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Segue mais um capítulo da novela sobre o reajuste para servidores federais, principalmente aqueles ligados à segurança pública. Dessa vez, o presidente Jair Bolsonaro (PL) elogiou o trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e indicou que pode oferecer um reajuste salarial para a categoria. A sinalização foi feita na noite da última segunda-feira (21), durante um evento de lançamento das novas plataformas digitais de direitos humanos e de capacitação de servidores e organizações.

O chefe do Executivo brasileiro destacou uma operação policial que apreendeu 1,8 mil toneladas de drogas e a prisão de cerca de 130 mil suspeitos nos últimos três anos. 

"Então são números que, por si só, mostram a importância da PRF, o valor e o apreço que eles merecem da nossa parte. É uma instituição séria, como outras que temos em nosso país. E nós temos que valorizá-los. Eu espero que a sociedade entenda que isso deva ser feito”, afirma o presidente. 

Além disso, Bolsonaro explica que a pandemia diminuiu o poder de compra dos brasileiros e algumas categorias precisam ser valorizadas devido aos serviços prestados para a sociedade. Por isso, os agentes da PRF merecem ter um aumento em seus salários. 

“Espero a compreensão das demais categorias, dos demais servidores do Brasil. O que nós queremos é reconhecer o trabalho de todos e a nossa PRF está incluída nesse rol que merece esse reconhecimento", salienta. 

Polêmica do reajuste para servidores policiais

No final de 2021, o Congresso Nacional aprovou o Orçamento de 2022, com uma reserva de R$ 1,7 bilhão destinado para reajuste das forças federais de segurança. Contudo, o aumento dos salários exclusivo para essas categorias desagradou outras categorias do funcionalismo público de âmbito federal, como servidores da Receita Federal e do Banco Central

Em janeiro, representantes de cerca de 50 categorias do funcionalismo público federal chegaram a paralisar as atividades por um dia e fizeram protestos hoje em Brasília. Eles pedem reajustes que variam de 20% a 28,15%, dependendo da carreira.

Apesar dos esforços, o próprio Bolsonaro comentou que nenhuma categoria tem reajuste garantido. Segundo a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022, cada 1% de reajuste para o funcionalismo público implica em aumento de R$ 3 bilhões nas despesas. Caso a reivindicação de 28,15% de aumento fosse atendida, o governo teria um gasto extra de R$ 84,45 bilhões por ano.

Como 2022 é ano eleitoral, a legislação proíbe aumentos num prazo inferior a seis meses (180 dias) antes do pleito, que ocorrem no dia 2 de outubro. Neste caso, qualquer reajuste salarial precisa ser proposto até 2 de abril.

*com informações da Agência Brasil

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.