MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Caged aponta alta de 97,6% de empregos formais em março. Veja ano anterior

Dados do Novo Caged divulgados nesta quinta-feira (27) revela alta de 97,6% empregos formais no mês de março em todo o país; salário obteve queda

Carteira de Trabalho Digital
Carteira de Trabalho Digital - Agência Brasil - Empregos fomais em março
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 27/04/2023, às 15h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O país teve alta de 97% na criação de empregos formais em março, é o que aponta o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que apresenta saldo de contratações, divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego nesta quinta-feira (27). 

O Brasil criou ao todo 195.171 novos empregos com carteira assinada. Esse número representa o saldo líquido, ou seja, a diferença entre as contratações (2.168.418) e as demissões (1.973.247) no período. Em comparação com março de 2022, quando foram gerados 98.786 mil empregos formais.

É importante ressaltar que os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) consideram apenas os trabalhadores com carteira assinada, não incluindo os informais. Portanto, não são comparáveis aos números do desemprego divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Continua (Pnad).

No primeiro trimestre deste ano, foram criadas 526.173 mil vagas formais de emprego no país, o que representa um recuo de 15,03% em relação ao mesmo período de 2022. 

+ INSS: novo grupo recebe aposentadorias HOJE (27); Saiba todas as datas

Veja os setores 

Analisando os setores da economia, o Caged indica que quatro deles criaram vagas em março deste ano: serviços (122.323), construção (33.641), indústria (20.984) e comércio (18.555). Por outro lado, a agropecuária fechou 332 postos de trabalho formais no mesmo período.

Saiba o estoque de emprego 

O estoque de empregos formais no país em março de 2023 foi de 42,97 milhões, um aumento em relação ao período homólogo, que estava em 42,78 milhões. Por fim, o salário médio real de admissão em março deste ano foi de R$ 1.960,72, representando uma queda em relação a fevereiro (R$ 1.990,78) e a março de 2022 (R$ 1.954,63), considerando a inflação.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.