MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Carnaval 2023: confira como denunciar violação de direitos durante a folia

O Carnaval 2023 cai no dia 21 de fevereiro (terça), mas as festividades começam oficialmente na sexta-feira (17) e duram até a quarta-feira de cinzas (22). Veja como denunciar violências

Chapéu, nariz de palhaço e corneta sobre confetes e serpentina
Chapéu, nariz de palhaço e corneta sobre confetes e serpentina - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 14/02/2023, às 21h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Carnaval é um dos eventos mais esperados e populares do ano no Brasil. Com suas cores vibrantes, ritmos contagiantes e fantasias elaboradas, a festa se tornou uma das maiores manifestações culturais do país, conhecida mundialmente. O Carnaval 2023 cai no dia 21 de fevereiro (terça), mas as festividades começam oficialmente na sexta-feira (17) e duram até a quarta-feira de cinzas (22).

Como sempre, cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Recife se preparam para receber milhares de turistas e foliões. No Rio e em SP, além dos tradicionais desfiles das escolas de samba, os bloquinhos de rua caíram no gosto dos mais animados.

Em Salvador, na Bahia, a festa é conhecida pelos trios elétricos, que percorrem as ruas da cidade com artistas famosos cantando e tocando música ao vivo. Já em Recife e Olinda, no estado de Pernambuco, o Carnaval é marcado pelo frevo, um ritmo típico da região que anima os transeuntes.

O Carnaval é um momento de celebração e alegria, mas também é importante que todos aproveitem a festa de forma responsável e consciente. Com cuidado e respeito, é possível curtir o Carnaval de forma segura e inesquecível. É preciso ficar atento porque a grande concentração de pessoas e o abuso do álcool pode levar a situações perigosas.

+Imposto de Renda 2023: saiba como fazer a declaração pré-preenchida

Carnaval 2023: Bloco do Disque 100

O governo federal lançou ontem (13) a campanha “Bloco do Disque 100”, que irá receber denúncias de violação de direitos humanos durante o carnaval. A iniciativa é resultado de uma parceria do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) e da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) do Ministério do Turismo. Em ambiente online, a ação segue até 22 de fevereiro.

Com o lema "A alegria é um direito fundamental", o objetivo da campanha é combater todas as formas de violação de direitos humanos, em especial em defesa de crianças e adolescentes, idosos, pessoas com deficiências e LGBTQIA+. O MDHC veicula, nas redes sociais (@mdhcbrasil), peças virtuais para reforça a importância do respeito, empatia e o cuidado com o próximo. Confira: 

Além disso, para incentivar o compartilhamento, o ministério criou uma página exclusiva com os conteúdos especiais, artes e produtos para download

+Minha Casa Minha Vida: na Bahia, Lula assina medida que retoma programa habitacional

Sobre o Disque 100

O Disque 100 é um serviço gratuito e sigiloso e funciona 24 horas por dia, inclusive feriado, para receber denúncias. O serviço, coordenado pela Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, está disponível também por meio do site da Ouvidoria, aplicativo Direitos Humanos, Telegram (digitar na busca “Direitoshumanosbrasil”) e WhatsApp (61 - 99656-5008). O canal também tem atendimento em Libras.

O canal recebe denúncias sobre violações de direitos humanos relacionada aos seguintes grupos e/ou temas:

  • Pessoas idosas
  • Pessoas com deficiência
  • Pessoas em restrição de liberdade
  • População LGBT
  • População em situação de rua
  • Discriminação ética ou racial
  • Tráfico de pessoas
  • Trabalho escravo
  • Terra e conflitos agrários
  • Moradia e conflitos urbanos
  • Violência contra ciganos, quilombolas, indígenas e outras comunidades tradicionais
  • Violência policial (inclusive das forças de segurança pública no âmbito da intervenção federal no estado do Rio de Janeiro)
  • Violência contra comunicadores e jornalistas
  • Violência contra migrantes e refugiados
  • Abuso e exploração sexual 
  • Pessoas com Doenças Raras

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.