MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Confira as 10 profissões de trabalhadores autônomos mais rentáveis do Brasil

Segundo o IBGE, o número de trabalhadores autônomos no Brasil cresceu quase 3%, com mais de 25 milhões de pessoas

Victor Meira - victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 29/12/2021, às 10h42

Profissões autônomas mais rentáveis do Brasil
Profissões autônomas mais rentáveis do Brasil - JC Concursos
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelou um aumento de 2,6% do número de trabalhadores autônomos no Brasil, com um total de 25,6 milhões de pessoas. Enquanto que o mercado informal atingiu a marca de 38,2 milhões de brasileiros trabalhando sem vínculo algum.

Pensando nessa categoria, o JC Concursos preparou uma lista de 10 profissões autônomas, que tem opções no mercado de carteira assinada, mais lucrativas e que podem ser desenvolvidas em home office ou coworking. 

Advogado

O advogado pode atuar na defesa de processos cíveis, trabalhistas, judiciais e administrativos de forma remota. Além disso, você também pode trabalhar prestando consultorias para empresas, como área tributária.

A remuneração de advogados autônomos variam de acordo com os processos que defendem. Além dos honorários, que variam de 20% a 30% da quantia dos clientes, os profissionais podem cobrar um valor entre meio e um salário mínimo (de R$ 500 até R$ 1,1 mil) para dar entrada nos processos. De forma geral, os vencimentos médios dos advogados são de R$ 3,5 mil.

Consultor

Para os profissionais com experiência na área, há opção de trabalhar como consultorautônomo. Estes profissionais irão trabalhar para empresas ou pessoas físicas, transmitindo seu conhecimento de orientações, que pode ser feita de modo presencial ou virtual. 

Com a retomada do crescimento econômico devido ao arrefecimento da pandemia de covid-19, a procura por consultores é bastante alta, principalmente na área financeira. 

Como a carreira de consultor varia conforme o nível de conhecimento do prestador de serviço, a remuneração inicial é de R$ 3 mil, mas pode chegar até R$ 13 mil para os profissionais mais capacitados.

Editor de Vídeo

O aumento da produção de conteúdo em vídeo durante a pandemia beneficiou os trabalhadores que atuam com edições de vídeo. Estes profissionais podem trabalhar na edição, montagem e finalização de produtos audiovisuais, como programas de TV, vídeos do Youtube, documentários e comerciais. A remuneração média de editor de vídeo é de R$ 2,1 mil.

Geralmente, as empresas exigem o uso de softwares mais pesados, como o Adobe Premiere e After Effects, portanto a pessoa precisa investir em um computador mais robusto para conseguir entregar os jobs no prazo. 

Além da edição, alguns clientes exigem que o profissional tenha conhecimentos de roteiro, noções de estrutura narrativas e olhar artístico. 

Designer UX

O DesignerUX (abreviação de User Experience ou “Experiência do Usuário”) é responsável em fazer um design projetado que atenda a todas as necessidades dos usuários, garantindo sua satisfação ao interagir com a empresa, plataformas ou marcas. A demanda por estes profissionais se tornou uma necessidade para as companhias devido ao aumento do consumo de produtos de forma digital.

Para trabalhar como autônomo, a carreira é bem remunerada e sempre há trabalhos disponíveis para eles. O rendimento médio de um UX é de R$ 4,5 mil.  

Analista de marketing digital e mídias digitais

Antes mesmo da pandemia, a demanda por analistas de marketing digital e mídias digitais já era grande. Estes profissionais são responsáveis por atrair e fidelizar os clientes através das redes sociais e/ou outros mecanismos de atração de clientes, como produção de conteúdo. 

A atividade é uma das mais atrativas por causa do aumento da sua valorização no mercado de trabalho e a grande quantidade de clientes disponíveis, como celebridades, agências de publicidade e empresas. A remuneração média destes profissionais é de R$ 2,7 mil.

Cientista ou engenheiro de dados

A área de TI (Tecnologia da Informação) é uma das mais promissoras do mercado. Devido a necessidade do gerenciamento de dados, a profissão de cientista ou engenheiro lida com a coleta, armazenagem e interpretação da grande quantidade de dados das empresas. Apesar da grande demanda, a quantidade de profissionais ainda é baixa, assim estes profissionais são bem valorizados, seja autônomo ou carteira assinada. 

Uma das vantagens da profissão é a possibilidade de prestar serviços para empresas estrangeiras. Na Inglaterra, a remuneração pode chegar até R$ 40  mil mensais diante da escassez de cientistas de dados, mas é preciso dominar o inglês e ter conhecimento avançado de Data Science. O rendimento médio no Brasil é de R$ 6,1 mil.

Redator de conteúdo, revisor ou tradutor

Como destacamos anteriormente, a produção de conteúdo na internet cresceu muito durante a pandemia. Uma das áreas que se beneficiou com ela, foi justamente o redator de conteúdo, revisor ou tradutor. O profissional é responsável por escrever, revisar ou traduzir textos para páginas na internet. Há opções para artigos jornalísticos, publicitários, tutoriais e dicas. 

Nem todos os clientes exigem formação universitária, contudo é necessário que a pessoa tenha bons conhecimentos em marketing digital, técnicas em SEO e um excelente português. Os vencimentos médios de um redator são de R$ 2,5 mil.

Contador

Outra profissão que pode ser exercida em carteira assinada, mas tem tradição para atuação como autônomo é contador. Você pode abrir um escritório de contabilidade ou prestar serviços de consultoria para as empresas. 

Os retornos financeiros variam conforme o desempenho do profissional em cada modalidade, isto é, algumas pessoas saem melhor nas empresas, enquanto outros têm melhor remuneração atuando de forma independente. Os rendimentos médios do contador são de R$ 4,2 mil.

Especialista em inteligência artificial

Outra área de destaque na área de Tecnologia da Informação é na inteligência artificial. A AI (Inteligência Artificial) é o ramo da computação que lida com o aprendizado das máquinas. 

Este profissional deve criar sistemas que imitam a inteligência humana e podem fazer tarefas de forma mais interativa, como o Google Assistance e Alexa da Amazon. 

Por ser uma área relativamente nova, ainda não há uma alta de profissionais. Assim, há uma grande demanda para estes profissionais e quem trabalha tem uma média salarial de R$ 10 mil.

Professor particular

Podemos classificar a profissão de professor particular como a mais democrática de todas as profissões. Se você tem bons conhecimentos em música, idiomas ou esportes já pode criar anúncios para compartilhar o seu conhecimento ganhando dinheiro. Os professores particulares também podem disponibilizar aulas de reforço escolar para os estudantes em dificuldades. 

O profissional pode ministrar as aulas de forma online ou presencial, portanto a pessoa pode montar a sua agenda conforme a sua disponibilidade de tempo. Um professor particular tem rendimento médio de R$ 1,4 mil.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.