MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Criminosos se passam por servidores do INSS para aplicar golpe da Prova de Vida; Entenda

O Instituto Nacional do Seguro Social alerta que criminosos estão usando a Prova de Vida como isca para obter dados e aplicar golpes nas pessoas. Veja como não virar vítima da fraude

MYLENA LIRA | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 29/07/2022, às 19h05

Homem segura celular com aplicativo do Meu INSS
Homem segura celular com aplicativo do Meu INSS - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Instituto Nacional do Seguro Social alerta que criminosos estão se passando por servidores do INSS para obter dados e aplicar golpes nas pessoas, usando como isca a Prova de Vida. O contato é feito por meios distintos: carta, e-mail, telefonema ou mensagem de celular (WhatsApp ou SMS).

O instituto informou em nota que "a obrigatoriedade da prova de vida está suspensa até 31/12/2022 e, até lá, nenhum benefício será suspenso. O INSS está trabalhando na implementação dos sistemas que vão fazer o cruzamento de dados para que a prova de vida seja feita automaticamente".

Desta forma, caso receba qualquer pedido nesse sentido desconfie e não forneça seus dados e informações, ainda que a pessoa do outro lado seja muito persuasiva e, inclusive, passe algum dado do seu cadastro para tentar dissumular a fraude.

Segundo o INSS, os golpistas solicitam também fotos de documentos com o argumento de que se não enviar poderá ter o pagamento do benefício bloqueado. Em alguns casos, chegam a enviar links para que o segurado realize a biometria facial. Porém, o link pode conter vírus ou ser usado para rastrear dados e senhas armazenadas no celular ou no computador.

+Auxílio-doença pode ser obtido sem perícia do INSS e de forma online; Veja como pedir

Não caia no golpe da Prova de Vida

O instituto listou algumas dicas que podem evitar que você se torne a próxima vítima dos criminosos. Confira:

  • O INSS nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos por e-mail, WhatsApp ou outros canais de mensagem;
  • O canal digital oficial para envio de documentos é o Meu INSS (site gov.br/meuinss ou aplicativo para celular). O segurado jamais deve enviar documentos por e-mail;
  • O número do SMS usado pelo INSS para informar os cidadãos é 280-41. O INSS nunca manda links. Apenas informa sobre o andamento dos processos no Meu INSS;
  • A biometria facial deve ser feita exclusivamente pelo aplicativo gov.br;
  • Sempre que o INSS convoca o cidadão para apresentar documentos, essa convocação fica registrada no Meu INSS e também pode ser verificada pelo telefone 135;
  • A pessoa deve utilizar apenas os canais oficiais de atendimento para cumprir qualquer solicitação do INSS, seja para agendar um serviço, seja para entregar algum documento: aplicativo Meu INSS, site ou agência da Previdência Social (com agendamento);
  • Quando alguém liga para o telefone 135, o atendente pode pedir algumas informações. Esse é um procedimento de segurança para confirmar a identidade de quem telefonou;
  • Mantenha sempre atualizados os seus dados de contato, como telefone, e-mail e endereço. Isso deve ser feito pelo Meu INSS ou pelo telefone 135.

+Trabalhadores podem sacar mais de R$ 560 milhões de Pis/Pasep esquecido; Saiba como

Caso tentem aplicar o golpe em você, mesmo que os criminosos não tenham sucesso na tentativa, denuncie a ação à Ouvidoria pelo site do INSS ou pelo telefone 135. O registro do boletim de ocorrência deve ser feito se acabar sendo vítima. Nessa hipótese, é importante também comunicar o banco no qual recebe o benefício, além do próprio INSS.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.