MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Dia Mundial do Doador de Sangue: uma bolsa salva até 4 vidas; Veja como doar

Nesta quarta, comemora-se o Dia Mundial do Doador de Sangue. Além de salvar vidas, doar sangue gera benefícios pessoais ao doador. Saiba quem pode doar

Homem faz sinal de positivo ao lado de bolsa de sangue após doação
Homem faz sinal de positivo ao lado de bolsa de sangue após doação - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 14/06/2023, às 19h48

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

No dia 14 de junho, comemora-se o Dia Mundial do Doador de Sangue, uma data que ressalta a importância desse ato altruísta que pode salvar vidas. Doar sangue é um processo relativamente simples e seguro, e seus benefícios vão além de ajudar quem mais precisa.

Neste artigo, discutiremos os principais benefícios de doar sangue, incluindo a possibilidade de isenção em concursos públicos e o direito a uma folga no trabalho sem desconto no salário. O principal benefício da doação de sangue porém, é, sem dúvida, o potencial de salvar vidas.

Uma única bolsa de doação, com cerca de 450 ml de sangue, pode salvar até quatro vidas, pois pode ser separada em diferentes componentes, como hemácias, plaquetas, plasma e crioprecipitado, beneficiando várias pessoas em necessidade. Esse sangue é essencial para o tratamento de:

  • anemia;
  • deficiência de fibrinogênio;
  • baixa contagem de plaquetas;
  • aqueles que estão passando por quimioterapia;
  • casos de acidentes, traumas e transplantes.

No entanto, é importante destacar que as doações têm diminuído significativamente desde o início da pandemia. É fundamental que as pessoas continuem doando sangue regularmente, para que os bancos de sangue estejam sempre abastecidos e prontos para atender às demandas daqueles que dependem dessa ajuda vital.

Homens podem doar a cada dois meses e mulheres, por conta da perda durante o período menstrual, a cada três. O organismo leva de duas a três semanas para recuperar os glóbulos vermelhos (hemácias). Já os estoques de ferro são recuperados em 60 dias nos homens e de 60 a 90 dias nas mulheres.

Doar sangue regularmente é uma maneira concreta de fazer a diferença na vida de outras pessoas e contribuir para uma sociedade mais saudável e solidária. Portanto, motive-se a se tornar um doador de sangue e incentive seus amigos e familiares a fazerem o mesmo. 

+Festa junina: soltar balão é crime; Confira a penalidade para o delito

Requisitos para doar sangue

  • Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (se for menor de idade, só com autorização dos pais e responsáveis);
  • Estar com a saúde em dia;
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
  • Pesar, no mínimo, 50 kg;
  • Apresentar documento original com foto recente (RG, CNH, etc);
  • Não ingrir bebida alcoólica, no mínimo, 12 horas antes da doação; e
  • Não estar em jejum (comer, mas evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

Procure o hemocentro mais próximo de sua residência e verifique se há a necessidade de agendar previamente antes de comparecer para doação de sangue. Em São Paulo, é possível agendar de forma online pelo site da Pró-Sangue: www.prosangue.sp.gov.br.

+Idosa declarada morta acorda após cinco horas no caixão; Saiba o que é Catalepsia

Isenção em concurso

Além de ajudar a salvar vidas, doar sangue pode trazer benefícios pessoais. Existem leis municipais e estaduais que garantem a isenção da taxa de inscrição em concursos públicos para candidatos doadores de sangue. Geralmente, é exigida a comprovação de pelo menos duas doações em um período de 12 meses, embora para as mulheres possa ser cobrada apenas uma doação.

É importante verificar as regras específicas nos editais dos processos seletivos e manter os comprovantes de doação guardados para usufruir desse benefício. O comprovante de doação é exigido para a concessão do benefício, por isso guarde o documento em local adequado para ter quando preciso.

Folga no trabalho

Outro benefício relevante é o direito a uma folga no trabalho, sem desconto no salário, a cada 12 meses trabalhados. A legislação trabalhista, conforme prevê o artigo 473 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), justifica a falta do dia em que o empregado realiza a doação de sangue. É necessário apresentar um atestado oficial emitido pela instituição onde ocorreu a doação para comprovar a ausência.

Essa mesma prerrogativa também é válida para servidores públicos e militares, conforme estabelecido pela Lei 1.075/50. Vale ressaltar que a legislação trabalhista permite apenas uma falta justificada por doação de sangue a cada 12 meses. Portanto, é necessário organizar as demais doações fora do horário de trabalho ou em acordo com o empregador, de forma a não prejudicar o cumprimento das horas laborais.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.