MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Idosa declarada morta acorda após cinco horas no caixão; Saiba o que é Catalepsia

Uma idosa de 76 anos foi declarada morta e ficou cinco horas dentro do próprio caixão até despertar e o motivo teria sido a catalepsia

Caixão de madeira na cor marrom aberto
Caixão de madeira na cor marrom aberto - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 13/06/2023, às 20h16

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Você sabe o que é catalepsia? Esse teria sido o motivo que fez a idosa Bella Montoya, de 76 anos, ser velada por cinco horas dentro de um caixão, após ser declarada morta, até ela acordar. O caso aconteceu no Equador, onde a senhora está internada em um hospital público.

No vídeo publicado no Twitter, e divulgado pela Folha de S.Paulo, é possível ver Bella ainda no caixão, respirando com certa dificuldade. Nas redes sociais, muitos perguntaram como isso ocorreu. De acordo com a imprensa local, a catalepsia levou a crer que ela estava morta.

+Concurso público: desvendando o Estágio Probatório, o caminho para a estabilidade

O que é catalepsia?

A catalepsia é um transtorno neurológico caracterizado por uma condição temporária em que a pessoa afetada parece estar em um estado de imobilidade e rigidez muscular, sem resposta a estímulos externos. Durante um episódio de catalepsia, a pessoa pode ficar congelada em uma posição específica por um período de tempo variável, sem controle voluntário dos músculos.

Durante um episódio de catalepsia, a pessoa pode parecer estar em um estado semelhante ao da morte, pois não responde a estímulos externos e pode não apresentar sinais vitais óbvios. Por isso, é compreensível que a catalepsia seja confundida com a morte, especialmente quando os sintomas são graves e a pessoa afetada parece estar imóvel e sem resposta.

+Lula promete Minha Casa, Minha Vida para classe média: "serão contemplados"

Sintomas e tratamento

Os sintomas da catalepsia incluem:

  • rigidez muscular;
  • perda de movimento voluntário;
  • imobilidade;
  • diminuição da resposta aos estímulos;
  • respiração superficial; e
  • alterações na consciência. 

Embora a catalepsia seja uma condição rara, não está restrita a nenhum grupo específico de pessoas e pode afetar indivíduos de qualquer idade, raça ou sexo. No entanto, certas condições médicas, como a esquizofrenia, a epilepsia e certos distúrbios do sono, podem aumentar o risco de desenvolver a catalepsia.

O tratamento da catalepsia geralmente envolve abordagens medicamentosas. Os medicamentos prescritos podem incluir benzodiazepínicos, antiepilépticos ou antidepressivos, dependendo da causa subjacente da catalepsia. A terapia comportamental e a terapia cognitivo-comportamental também podem ser úteis para ajudar a lidar com a condição e reduzir a ansiedade relacionada a ela.

Veja o vídeo:

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.