MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Dinheiro esquecido: 28 milhões de pessoas ainda têm Valores a Receber

Segundo o Banco Central, apenas 30% das pessoas que têm dinheiro esquecido em bancos requisitou a grana até agora. Sistema Valores a Receber permanece ativo

Notas de cem e cinquenta reais
Notas de cem e cinquenta reais - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 29/05/2023, às 21h52

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Segundo o Banco Central (BC), das 41,5 milhões de pessoas que têm direito a resgatar dinheiro esquecido em bancos e outras instituições financeiras, apenas 30% requisitou a grana até agora. Mais de 28 milhões (70%) ainda têm Valores a Receber. O montante devolvido ultrapassa R$ 3,6 bilhões. 

Dados divulgados pelo BC indicam que:

  • 62,55% têm entre R$ 0 e R$ 10 a receber;
  • 26,10% podem sacar de R$ 10,01 a R$ 100;
  • 9,98% deixaram de R$ 100,01 a R$ 1.000,00 para trás; e
  • 1,37% tem acima de R$ 1.000,00 para resgatar.

Os saques começaram a ser efetuados o início de março e ainda dá tempo de quem não resgatou fazer o pedido, pois o Sistema Valores a Receber (SVR), por meio do qual a solicitação deve ser feita, permanecerá aberto, sem interrupções programadas, para que todos possam recuperar o dinheiro.

+Brasil terá 1ª mulher embaixadora nos EUA; Conheça a carreira de diplomata

Fontes do dinheiro esquecido

A nova fase do SVR incluiu fontes de recursos esquecidos que não estavam nos lotes do ano passado:

  • Cobranças indevidas de tarifas ou obrigações de crédito não previstas em termo de compromisso;
  • Contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas e com saldo disponível;
  • Contas encerradas em corretoras e distribuidoras de títulos e de valores mobiliários;
  • Demais situações que resultem em valores a serem devolvidos, reconhecidas pelas instituições financeiras.

Mesmo quem já recebeu pode ter direito a novas quantias, referentes a contas bancárias fechadas ou restituição de cobrança indevida que eventualmente tenham ficado para o segundo lote de consulta e saque. No primeiro trimestre de 2022, o governo federal devolveu valores relativos a:

  • conta corrente ou poupança encerradas com saldo disponível;
  • tarifas cobradas indevidamente e que aparecerem em acordo assinado com o BC;
  • parcelas ou despesas de operações de crédito cobradas indevidamente e que aparecerem em acordo assinado com o BC;
  • cotas de capital e rateio de sobras líquidas de ex-participantes de cooperativas de crédito; e
  • recursos não procurados de grupos de consórcio encerrados.

Essas fontes de dinheiro esquecido também estão disponíveis agora.

+IPVA atrasado? Governo de São Paulo autoriza pagar IPVA parcelado

Como fazer o pedido?

O interessado em embolsar a grana deverá seguir o passo a passo indicado abaixo para fazer o saque:

  • Acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br;
  • Faça login na sua conta Gov.br de nível prata ou ouro;
  • Acesse 'Meus Valores a Receber';
  • Leia e aceite o Termo de Ciência;
  • Confira os dados; e
  • Solicite o valor.

É preciso fazer concluir o procedimento em até 30 minutos. Esse tempo é suficiente para fazer tudo que precisa, mas fique atento ao reloginho no canto superior da tela para não ultrapassar. Algumas instituições financeiras transferem via Pix em até 12 dias úteis. Caso a opção via Pix não esteja disponível, será preciso contatar o banco onde o dinheiro está para alinhar uma forma de repasse, sem que haja prazo máximo para a grana ser transferida nessa última situação.

Cuidado com golpes

O Banco Central alerta para possíveis golpes. Nesta fase do programa, o BC aconselha o correntista a ter cuidado com golpes de estelionatários que alegam fazer a intermediação para supostos resgates de valores esquecidos. A instituição reforça que:

  • O site oficial e único para requisitar o saque, em todos os casos, é o https://valoresareceber.bcb.gov.br;
  • Todos os serviços do Valores a Receber são totalmente gratuitos. NÃO faça qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores;
  • O Banco Central NÃO envia links NEM entra em contato com você para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais;
  • Somente a instituição que aparece no Sistema de Valores a Receber é que pode te contatar e ela NUNCA vai pedir sua senha;
  • NÃO clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram.

O BC também esclarece que apenas a instituição financeira que aparece na consulta do Sistema de Valores a Receber pode contactar o cidadão. O órgão pede que ninguém forneça senhas e esclarece que nenhuma pessoa está autorizada a fazer esse tipo de pedido.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.