MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Febraban revela sucesso do programa Desenrola; mais de 6 milhões com nome limpo

Iniciativa começou a atender os devedores em 17 de julho. Números divulgados pela Febraban se referem apenas à primeira fase do Programa Desenrola

Números divulgados pela Febraban se referem apenas à primeira fase do Programa Desenrola
Números divulgados pela Febraban se referem apenas à primeira fase do Programa Desenrola - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 18/09/2023, às 20h58 - Atualizado às 21h10

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Programa Desenrola, lançado pelo governo federal para auxiliar pessoas em situação de inadimplência, alcançou um marco significativo, com R$ 13,2 bilhões já renegociados, conforme a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban).

A iniciativa, que começou a atender os devedores em 17 de julho, já negociou mais de 1,9 milhão de contratos até 15 de setembro deste ano. Um dado notável é que mais de 1,4 milhão de clientes foram atendidos, um número menor do que o de contratos, já que muitos indivíduos podem possuir várias dívidas em diferentes bancos.

Uma das características distintivas do programa é a limpeza automática do nome de mais de 6 milhões de pessoas em todo o país que estavam em situação de inadimplência devido a dívidas de até R$ 100.

+++ Mudança estratégica: energia solar será adquirida para casas do Minha Casa, Minha Vida

Números divulgados pela Febraban se referem apenas à primeira fase do Programa Desenrola

Isso aconteceu como parte das condições estabelecidas pelo Ministério da Fazenda para a participação inicial das instituições financeiras no Desenrola. É importante observar que, embora a dívida de até R$ 100 não seja perdoada, o devedor não mais estará em situação de inadimplência, e seu nome estará limpo no mercado de crédito.

Os números divulgados pela Febraban se referem apenas à primeira fase do Programa Desenrola, que atende pessoas da Faixa 2, com renda per capita entre 2 salários mínimos e R$ 20 mil, que contraíram dívidas exclusivamente em bancos até 31 de dezembro do ano passado.

O presidente da Febraban, Isaac Sidney, destacou o envolvimento direto dos bancos na concepção e no desenvolvimento do Programa Desenrola e enfatizou seu papel essencial em um momento desafiador para as finanças das famílias brasileiras, ao buscar reduzir as dívidas da maior quantidade possível de pessoas.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.