MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Grana extra! Saque do FGTS é liberado para moradores de dois estados

Saiba como pedir, de forma online, sem sair de casa, até R$ 6,2 mil. Após evento trágico, Caixa anunciou a liberação do saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço)

Várias notas de cem e cinquenta reais
Várias notas de cem e cinquenta reais - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 12/07/2023, às 19h10

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Caixa Econômica Federal anunciou a liberação do saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para os trabalhadores impactados pelas intensas chuvas que atingiram municípios de Alagoas e Pernambuco recentemente. A medida, que teve divulgação oficial pelo ministro do Desenvolvimento, Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, tem como objetivo auxiliar as famílias afetadas e agilizar o processo de recuperação das áreas atingidas.

O saque do FGTS nesse contexto permite que o trabalhador retire o saldo da conta por necessidade pessoal, urgente e grave decorrente de desastre natural que tenha afetado sua área de residência. Para ter direito a essa modalidade de saque, é necessário possuir saldo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em um período inferior a 12 meses.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o valor máximo a ser retirado é de R$ 6.220 por conta de FGTS. O banco informou ainda que está colaborando com as autoridades locais para agilizar o processo de solicitação de habilitação e liberação dos valores aos trabalhadores residentes nas áreas afetadas.

+Prefeitura vai pagar até R$ 230 para famílias prejudicadas com fortes chuvas

Como solicitar o saque do FGTS

Para solicitar o acesso a esse recurso, os trabalhadores podem dirigir-se a uma agência da Caixa ou utilizar o aplicativo do FGTS, disponível para download nos sistemas operacionais Android e iOS. No aplicativo, basta selecionar a opção "Meus saques" e, em seguida, "Outras opções de saque - Calamidade pública", e escolher a cidade afetada.

"Ao realizar a habilitação, a população poderá efetuar o saque do FGTS de maneira digital, fácil e rápida pelo aplicativo do FGTS, sem a necessidade de comparecer a uma agência. Durante o registro da solicitação de saque, é possível indicar uma conta bancária de qualquer instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo adicional", informou a Caixa.

Para realizar o pedido, é necessário apresentar uma foto do documento de identidade, um comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação da calamidade. O prazo para análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de até cinco dias úteis. Para obter mais informações, os trabalhadores podem acessar o site da Caixa ou entrar em contato pelo telefone 0800 726 0207.

+Prefeitura vai pagar até R$ 230 para famílias prejudicadas com fortes chuvas

Prejuízos em Alagoas

Após as intensas chuvas que atingiram Alagoas, mais de 7 mil pessoas ainda se encontram desabrigadas e desalojadas. O mais recente balanço divulgado pela Defesa Civil do estado, nesta terça-feira (11), após a redução do nível da água dos rios da região, aponta que existem 3.404 pessoas desabrigadas e 3.959 desalojadas.

O boletim do dia anterior (10) informava que 25.312 pessoas foram afetadas pelas chuvas. No total, 32 municípios de Alagoas estão em situação de emergência devido aos estragos provocados pelos temporais. Além do saque do FGTS, o governo federal também realizará alterações no cronograma de pagamentos do Bolsa Família para que os beneficiários não precisem aguardar a data indicada para o recebimento.

O benefício será pago na primeira data de recebimento prevista, programada para o dia 19. Agricultores familiares que tiveram perdas em suas plantações também receberão auxílio no valor de R$ 4.600 por família para compensar os prejuízos.

+Bolsonaro tentou GOLPE de Estado? Ex-presidente vai depor na Polícia Federal

Prejuízos em Pernambuco

No último domingo (9), a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, decretou situação de emergência em 12 cidades da Zona da Mata, fortemente atingidas pelas chuvas. De acordo com a Defesa Civil do estado, até domingo, as chuvas intensas afetaram 2.862 pessoas de 756 famílias. Desse total, 447 pessoas de 656 famílias encontram-se desalojadas, enquanto 101 famílias estão desabrigadas.

A situação de emergência foi declarada nos municípios de:

  • São Benedito do Sul
  • Belém de Maria
  • Água Preta
  • Catende
  • Quipapá
  • Xexéu
  • Barreiros
  • Joaquim Nabuco
  • Cortês
  • Jaqueira
  • Rio Formoso
  • Maraial.

Nessas cidades, foram registrados treze pontos de deslizamentos, sendo quatro em Catende, sete em Joaquim Nabuco, um em Cortês e um em Rio Formoso.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.