MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Ministro anuncia antecipação do pagamento de março do Bolsa Família; entenda a situação

Além da antecipação do Bolsa Família para quem mora no litoral norte, ministro destaca a entrega de doações de produtos, que serão transportados pelo exército

Ministro anuncia antecipação do pagamento de março do Bolsa Família; entenda a situação
Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 20/02/2023, às 23h13

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O ministro de Desenvolvimento Social, Wellington Dias, anunciou a antecipação do pagamento do Bolsa Família do mês de março, mas apenas para os beneficiários residentes do litoral norte de São Paulo, que foram afetados pelas fortes chuvas neste final de semana. 

Para facilitar para as famílias, o pagamento de março será unificado, feito no dia 20 para todas as famílias dos municípios atingidos e com decreto de emergência e calamidade”, disse o ministro.

Para ajudar as famílias, Dias aponta que uma aeronave do Exército levará doações para as vítimas. O ministro afirmou que a sua equipe está se comunicando com líderes municipais e sociais para coordenar a distribuição de cestas de alimentos, colchões e outros itens essenciais de assistência social.

+FGTS poderá pagar R$ 300 bilhões para trabalhadores que cumprirem requisitos

Acertei agora com o Brigadeiro Heraldo para viabilizar aeronave para o transporte, da capital São Paulo para São Sebastião e região, de alimentos, colchões, lençóis, fraldas e água potável, adquiridos em parceria entre o MDS e a Central Única das Favelas (CUFA)”, afirmou Wellington Dias.

O governo de São Paulo decretou estado de calamidade pública, por 180 dias, para ações emergenciais em seis municípios afetados pelas chuvas: Bertioga, Caraguatatuba, Guarujá, Ilha Bela, São Sebastião e Ubatuba.

Bolsa Família: governo federal pode anunciar R$ 150 adicionais

O presidente Lula anunciou ontem (15) que na semana que vem irá lançar o novo Bolsa Família. Dentre as novidades, ele comentou que deve sair o adicional de R$ 150 por criança de zero a seis anos. 

Além disso, o governo federal também indicou que deverá cobrar alguns requisitos para participar do programa social, como a comprovante vacinal completo das crianças e acompanhamento escolar.

+Governo reconhece estado de calamidade de 5 cidades do litoral de SP afetadas pela chuva

A gestão do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) realiza, em parceria com estados e municípios, uma atualização do Cadastro Único de programas sociais do Governo Federal e um trabalho de busca ativa por beneficiários que ainda não estão na lista. 

O objetivo é garantir que o CadÚnico espelhe da forma mais precisa o universo de pessoas em situação de vulnerabilidade no país.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.