MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Não é golpe: R$ 7,5 bilhões disponíveis para saque; Consulte agora seu CPF

O ano mal começou e uma notícia surpreendente chega para animar os brasileiros: há cerca de R$ 7,5 bilhões disponíveis para saque. E não é golpe!

Várias notas de cem e cinquenta reais
Várias notas de cem e cinquenta reais - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 08/01/2024, às 21h48

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O ano mal começou e uma notícia surpreendente chega para animar os brasileiros: há cerca de R$ 7,5 bilhões disponíveis para saque, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (8) pelo Banco Central. E a melhor parte é que descobrir se você é um dos sortudos é tão simples: basta informar o seu CPF. E não é golpe!

Os recursos foram esquecidos em bancos e instituições financeiras até o final de novembro e estão no Sistema de Valores a Receber (SVR) para quem quiser conferir se tem algum valor a resgatar. Até o momento, o SVR já devolveu R$ 5,55 bilhões, e ainda há uma quantia significativa aguardando os seus legítimos donos.

As estatísticas do SVR revelam que, até o fim de novembro, apenas 28,86% do total de 60.225.711 correntistas incluídos na lista desde o início do programa, em fevereiro de 2022, resgataram seus valores. Isso significa que mais de 70% dos beneficiários ainda não aproveitaram a oportunidade.

+Mudou o critério para receber o Bolsa Família em 2024; Veja qual

Quantias médias

Se você está se perguntando sobre os valores disponíveis, saiba que a maior parte das pessoas e empresas que ainda não fizeram o saque têm direito a quantias variando de pequenos a médios valores.

Os dados apontam que 63,38% dos beneficiários têm valores de até R$ 10 para resgatar, enquanto 25,21% possuem entre R$ 10,01 e R$ 100 disponíveis. Ainda há 9,69% com valores entre R$ 100,01 e R$ 1 mil, e 1,71% com direito a mais de R$ 1 mil.

Como fazer o pedido?

O interessado em embolsar a grana deverá seguir o passo a passo indicado abaixo para fazer o saque:

  • Acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br;
  • Faça login na sua conta Gov.br de nível prata ou ouro, com CPF e senha;
  • Acesse 'Meus Valores a Receber';
  • Leia e aceite o Termo de Ciência;
  • Confira os dados; e
  • Solicite o valor.

É preciso fazer concluir o procedimento em até 30 minutos. Esse tempo é suficiente para fazer tudo que precisa, mas fique atento ao reloginho no canto superior da tela para não ultrapassar. Algumas instituições financeiras transferem via Pix em até 12 dias úteis.

Caso a opção via Pix não esteja disponível, será preciso contatar o banco onde o dinheiro está para alinhar uma forma de repasse, sem que haja prazo máximo para a grana ser transferida nessa última situação.

+Vale-alimentação vai aumentar com o reajuste do salário mínimo? E o vale-refeição?

Acesso ao dinheiro esquecido por pessoa falecida

O SVR também possibilita o resgate de valores de pessoas falecidas. Para aqueles que buscam resgatar valores deixados por entes queridos, o passo a passo é:

  • Consulte aqui para saber se há valor a receber em nome da pessoa falecida em algum banco, consórcio ou outra instituição. Dados necessários: CPF e data de nascimento da pessoa falecida;
  • Caso haja valor de titularidade da pessoa falecida, acesse o SVR aqui;
  • Faça login com a sua Conta gov.br, não a conta do falecido. Por causa do sigilo bancário, sua conta precisa ser de nível prata ou ouro;
  • Acesse Valores para Pessoas Falecidas dentro do sistema;
  • Digite o CPF e a data de nascimento da pessoa falecida;
  • Leia e aceite o Termo de Responsabilidade de consulta a dados de terceiros;
  • Veja na tela do sistema: o nome e os dados de contato da instituição que deve devolver o valor; a origem (tipo) do valor a receber; e a faixa do valor a receber;
  • Entre em contato com a instituição que deve o valor. Pergunte diretamente à instituição sobre a documentação que você precisa apresentar para receber o valor da pessoa falecida.

Se quiser, você pode exibir o comprovante que contém informações de valor a receber em nome da pessoa falecida. Você precisa ser herdeiro(a), testamentário(a), inventariante ou representante legal, para acessar os dados da pessoa falecida.

No computador, você pode salvar, imprimir ou compartilhar esse comprovante para consultar no futuro. No celular, você pode compartilhar esse comprovante por e-mail ou em aplicativo de mensagens.

Prazo final para sacar valor

Não existe um prazo limite para o saque. O dinheiro esquecido no banco não vai sumir ou deixar de ser pago, sempre ficará disponível para o titular transferir para a sua conta. Segundo o Banco Central, o cidadão nunca perderá o direito sobre os valores em seu CPF. As instituições financeiras vão guardar o dinheiro pelo tempo que for necessário. 

Cuidados com golpes

É importante destacar que o Banco Central alerta para cuidado com golpes de estelionatários que alegam intermediar supostos resgates desses valores esquecidos. Todos os serviços do SVR são gratuitos, e a instituição ressalta que não envia links ou entra em contato, nem mesmo por WhatsApp, para tratar sobre valores a receber ou confirmar dados pessoais.

A consulta é segura, e apenas a instituição financeira que aparece no Sistema de Valores a Receber pode contatar o cidadão. Não forneça senhas e esteja atento para não cair em armadilhas. Consulte agora mesmo e descubra se há um montante esperando por você!

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.