MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Nasceu em janeiro? Saque do FGTS de R$ 1.000 será liberado nesta semana

Trabalhador com saldo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço terá direito a realizar saque do FGTS extraordinário. Medida do governo federal visa melhorar a economia. Entenda

MYLENA LIRA | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 17/04/2022, às 14h58 - Atualizado às 15h04

Saque do FGTS: valor extraordinário de R$ 1.000 será liberado
Saque do FGTS: valor extraordinário de R$ 1.000 será liberado - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Quem tem saldo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço poderá efetuar o saque do FGTS no valor de até R$ 1.000 na próxima quarta-feira, 20 de abril de 2022. O montante será depositado automaticamente em conta poupança social digital criada pela Caixa Econômica Federal para todos os beneficiários, sem necessidade de entrar com pedido na instituição financeira. Caso o saldo seja inferior, será creditado todo o dinheiro existente no fundo.

Trata-se de uma iniciativa do governo federal para minimizar os danos econômicos. O objetivo é que os cidadãos utilizem o saque extraordinário do FGTS para a quitação de débitos, evitando o aumento de dívidas com juros cada vez maiores diante da alta da inflação no país, que acumula índice de 11,30% nos últimos 12 meses - a maior desde outubro de 2003.

Todo trabalhador com carteira assinada tem uma conta aberta na Caixa Econômica Federal na qual o empregador deve, obrigatoriamente, depositar mensalmente o valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário. O saldo do FGTS é formado pelo total desses depósitos mensais e o montante pode ser sacado pelo trabalhador em caso de demissão sem justa causa, ocasião em que a empresa deve pagar multa de 40% em cima do saldo do fundo.

O saque do FGTS também é permitido em situações específicas, como no mês do aniversário, caso opte pelo saque-aniversário; ao se aposentar; para comprar a casa própria; quando é decretada calamidade pública por desatre natural; ou em casos de doença grave.

+Direito trabalhista: confira quais doenças permitem o saque do FGTS

Quem tem direito ao FGTS?

Faz jus ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço:

  • Todo trabalhador brasileiro com contrato de trabalho formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT);
  • Trabalhadores domésticos;
  • Trabalhadores rurais;
  • Trabalhadores temporários, intermitentes, avulsos e safreiros (operários rurais que trabalham apenas no período de colheita); e
  • Atletas profissionais têm direito ao FGTS.

Calendário de pagamento do FGTS extradordinário

O valor de até R$ 1.000 será creditado de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Confira todas as datas logo abaixo:

  • Nascidos em janeiro: recebem em 20/4;
  • Nascidos em fevereiro: recebem em 30/04;
  • Nascidos em março: recebem em 4/5;
  • Abril: 11/5;
  • Maio: 14/5;
  • Junho: 18/5;
  • Julho: 21/5;
  • Agosto: 25/5;
  • Setembro: 28/5;
  • Outubro: 1º/6;
  • Novembro: 8/6; e
  • Dezembro: 15/6.

+Saiba TUDO sobre o Auxílio-Gás de R$ 51 que será pago até 29 de abril

Como efetuar o saque do FGTS de R$ 1.000?

Não é preciso sair de casa para conseguir o dinheiro. Basta acessar o aplicativo FGTS para consultar os valores já liberados. Após acessar o app, é possível transferir o dinheiro para qualquer conta, independentemente do banco, sem custo. Quem tem senha do Cartão Cidadão pode fazer a retirada também nas casas lotéricas e em terminais de autoatendimento.

É posível, ainda, movimentar o dinheiro por meio do aplicativo Caixa Tem, que dá acesso à conta poupança digital na qual o dinheiro é depositado. Há a opção de pagar contas, fazer transferências, conferir extrato, entre outros serviços. Ambos os apps estão disponíveis para celulares e tablets com sistemas operacionais Android e iOS.

Contudo, o cidadão não está obrigado a fazer o saque extraordinário do FGTS. Após o saldo ser depositado na conta, o trabalhador tem até o dia 10 de novembro para acessar o aplicativo FGTS e informar que não deseja retirar o benefício, que retornará automaticamente para o fundo, com correção monetária, caso não seja resgatado até 15 de dezembro de 2022 pelo trabalhador.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.