MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

PIB SP supera a média nacional e Estado atribui mérito a vacinação da Covid-19

Vacinação contra a Covid-19 contribuiu para que o PIB SP pudesse superar a média nacional, diz governo de São Paulo em publicação no Twitter

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 06/03/2022, às 16h46

Vacinação contra a Covid-19 contribuiu para que o PIB SP pudesse superar a média nacional
Vacinação contra a Covid-19 contribuiu para que o PIB SP pudesse superar a média nacional - Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) divulgou o Produto Interno Bruto (PIB) de São Paulo, tendo projeção superior ao nacional — mesmo o PIB do país registrando crescimento em 4,5%. De acordo com a publicação, o PIB SP supera a média nacional, divulgada nesta sexta-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ao avançar 5,9%. O Estado atribui mérito à vacinação contra a Covid-19. 

O indicador criado pelo Seade, o PIB+30, aponta o avanço de 5,9% em 2021, enquanto a projeção máxima para o Brasil ficou em 4,5%. De acordo com o documento, alguns segmentos tiveram crescimento mais expressivos em 2021. 

PIB SP supera a média nacional

Ainda de acordo com o Seade, confira os segmentos que tiveram maior destaque e contribuíram para o PIB SP superar a média nacional. Veja lista:

  • Serviço de informações e comunicação 16,7%
  • Educação e saúde privada 13,2%
  • Transportes e armazenamento 12,1%
  • Construção Civil 9,9%

Ao analisar o terceiro semestre, de 2019 a 2021, segundo dados do Seade, a economia de São Paulo obteve crescimento de 7,5% e a brasileira ficou em 1,5%. Essa é a primeira vez desde o início da série histórica do IBGE, em 1995, que o Estado cresce mais que o país por três anos consecutivos. 

A fundação atribui o crescimento à economia diversificada e altamente especializada, por SP ser o centro nacional mais importante da Indústria de alta e média tecnologia, bem como o maior centro financeiro da América Latina. Diante da pandemia da Covid-19, até o terceiro semestre, SP teve crescimento de 7,2% e o país de 3,3%. Já quando comparado com o crescimento da indústria no mesmo período, SP teve 8,1% e o Brasil 5,1%. 

Crescimento impulsionado pela vacinação da Covid-19

Em publicação no Twitter, neste sábado (5) o Governo de São Paulo afirmou que a economia do Estado cresceu acima dos países mais ricos do mundo durante a pandemia. Tendo o PIB SP em 6,10%, ao considerar os anos de 2020 e 2021, o que significa um número três vezes maior em relação aos Estados Unidos que ficou em 2% e dez vezes superior ao Brasil 0,6% no período. 

“As ações do Governo de SP para o enfrentamento à COVID-19 e a ampla campanha de vacinação, em que o estado é líder nacional no ranking de aplicação de doses, são fatores que somam ao crescimento econômico do território paulista. Para 2022, o Seade projeta médias de 0,6% para o PIB de São Paulo e 0,2% para o Brasil”, escreveu. 

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.