MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Rodrigo Pacheco se pronuncia para regulação das redes sociais

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, se pronunciou durante evento nesta terça-feira (18) sobre a regulação das redes sociais; Saiba mais detalhes

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco - Agência Brasil - Regulação das redes sociais
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 19/04/2023, às 11h10

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, durante evento no Palácio do Planalto, nesta terça-feira (18), se pronunciou sobre a regulação das redes sociais como uma das medidas adotadas para a prevenção da violência nas escolas. 

O pronunciamento de Pacheco ocorreu durante evento no qual o governo federal anunciou ações para ampliar a segurança no ambiente escolar. Estiveram presentes, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e outras lideranças. 

Sobre o assunto, o presidente da Casa afirmou que o aumento da violência e de outros problemas tem forte ligação com a saúde mental no ambiente escolar, que foi agravada pelo uso indiscriminado da internet. 

A avaliação de Pacheco é de que é necessária uma política pública eficaz integrada aos podres da União, estados, Distrito Federal, municípios, além de mobilização da sociedade brasileira para enfrentar a situação. 

"De fato as redes sociais como um advento social e de mudança de comportamento humano precisa ter a contrapartida da atenção do estado brasileiro em relação aos seus limites. O estado precisa estar presente dentro dos lares, dentro das escolas para poder garantir o mapeamento e o cuidado sobretudo de crianças e jovens em relação a sua saúde mental", disse. Veja pronunciamento abaixo:

+ Piso de enfermagem: Governo destina R$7,3 bilhões para técnico, auxiliar e mais áreas da saúde

Regulamentação das redes sociais em debate 

Durante o evento que ainda contou com a participação de governadores, prefeitos e da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, foi discutida a necessidade de limitadores para regular a atuação das redes sociais, com o objetivo de prevenir e reprimir a violência e práticas criminais.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, apresentou dados de investigações ocorridas nos últimos 10 dias, após os ataques em uma creche na cidade de Blumenau (SC) e em uma escola na Zona Oeste de São Paulo. 

Até o momento, foram retirados do ar 756 perfis em diferentes redes sociais e 225 pessoas foram presas ou apreendidas, incluindo adolescentes. Além da 694 adolescentes intimados para prestar esclarecimentos e foram registrados 1.595 boletins de ocorrência.

*Com informações da Agência Senado 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.