MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Salário de Romeu Zema (MG) sobe de R$ 10 mil para R$ 41 mil mensais

Assembleia Legislativa de MG aprovou, em primeiro turno, ontem (4), o Projeto de Lei (PL) que aumenta em 298% o salário de Romeu Zema; Saiba mais

Governador de Minas Gerais Romeu Zema (Novo) em coletiva de imprensa
Governador de Minas Gerais Romeu Zema (Novo) em coletiva de imprensa - Agência Brasil - Romeu Zema
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/04/2023, às 09h51

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O salário do governador de Minas Gerais, Romeu Zena (NOVO) subiu de R$ 10.500 para R$ 41.845,49 mensais. Isso ocorre porque a Assembleia Legislativa de MG aprovou, em primeiro turno, ontem (4), o Projeto de Lei (PL) que aumenta em 298% os vencimentos do chefe do Executivo estadual

Além disso, o texto também aumenta o salário do vice-governador, de secretários e secretários-adjuntos do Estado. A medida obteve 45 a favor e 20 contra dos parlamentares. 

+ ÓTIMA NOTÍCIA para aposentados e pensionistas nesta quarta (5); Veja

Servidores criticaram a mudança

Os servidores estaduais não ficaram felizes com a mudança e fizeram diversas críticas a medida. Segundo Sindicato dos Servidores da Tributação, Fiscalização e Arrecadação do Estado de Minas Gerais (Sinfazfisco), ouvido pelo Estadão Conteúdo, o reajuste de salários do governador e vice vai custar para os cofres públicos R$ 24,1 milhões nos próximos três anos. 

O governador de MG receberá aumento em três anos. Neste caso, o primeiro, de R$ 37.589,96, passa a valer a partir de 1º de abril de 2023, já o valor de R$ 39.717,69 a partir de 1º de fevereiro de 2024 e R$ 41.845,49 a partir de 1º de fevereiro de 2025.

Veja remuneração de vice e secretários 

O vice-governador aumentará de R$ 10.250 para R$ 37.660, o salário em três anos. Já os secretários e Estado e secretários-adjuntos, terão aumento de 24%. No caso dos secretário o valor passará de R$ 10 mil para R$ 34.774. Já os adjuntos irão receber R$ 31.297. 

Vale ressaltar que para avançar, o texto ainda passará por outra análise da mesa diretora da Assembleia em 2º turno. A votação definitiva deve ocorrer logo após ao feriado da Páscoa. Para justificar os aumentos, Zema defende que os valores não são reajustados desde 2007, e que o aumento trata de uma recomposição das perdas inflacionárias. 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.