MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Trabalhadores da Volkswagen terão jornada de trabalho e salários reduzidos; veja motivo

Redução da jornada de trabalho teria menor impacto na cadeia produtiva da Volkswagen. A medida é garantida por um acordo de cinco anos; confira

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 24/06/2022, às 15h47

Redução da jornada de trabalho teria menor impacto na cadeia produtiva da Volkswagen
Redução da jornada de trabalho teria menor impacto na cadeia produtiva da Volkswagen - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A jornada de trabalho e salários de trabalhadores da fábrica da Volkswagen, em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo, serão reduzidos. Com o acordo proposto, a empresa pretende superar uma crise causada pela falta de componentes e peças eletrônicas, que continua prejudicando a produção por fabricantes de automóveis. Mesmo com a alta demanda, os veículos não são finalizados, o que gera diminuição do trabalho.

A medida é garantida por um acordo de cinco anos assinado pelo sindicato, que foi comunicado aos trabalhadores em assembleia interna na quinta-feira (23), segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O regime, que será implementado logo após o fim do feriado coletivo de 27 de junho a 7 de julho, incluirá uma redução de 24% na jornada de trabalho, uma redução de 12% nos salários e uma redução de 5 dias na jornada de trabalho.

+++Bolsonaro culpa medidas de combate à pandemia pelo aumento da inflação; veja o que ele disse

Redução da jornada de trabalho teria menor impacto na cadeia produtiva da Volkswagen

O diretor-executivo do sindicato e representante da Volkswagen Wellington Messias Damasceno, disse que a opção pela redução da jornada de trabalho tem menor impacto na cadeia produtiva e para os trabalhadores terceirizados.

“A Volks queria parar um turno, nós negociamos para, ao invés disso, reduzir a jornada e manter os turnos funcionando, o que diminui o impacto na cadeia de produção, nos fornecedores e, sobretudo, nos terceirizados que não têm o mesmo acordo que os trabalhadores da Volks”, explicou.

Segundo o sindicato, a medida será avaliada mês a mês e poderá sofrer alterações até que a situação se normalize, sem data definida. A Volkswagen confirmou em nota que novas medidas para flexibilizar a mão de obra da fábrica de São Bernardo do Campo foram estabelecidas em acordo coletivo firmado com o sindicato dos metalúrgicos do ABC, durante o mês de julho, por falta de componentes.

Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.