Tudo Sobre

Concurso TRT

Projeto de lei cria 72 cargos para o Tribunal

Haverá 47 oportunidades para analistas (nível superior) e 25 para técnicos judiciários (nível médio)



Redação
Publicado em 19/10/2009, às 14h25

O projeto de lei que cria 72 cargos para o Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, localizado em Mato Grosso do Sul (TRT/MS) foi aprovado pela Comissão do Trabalho, Administração e Serviço Público. Haverá 47 oportunidades para analistas (nível superior) e 25 para técnicos judiciários (nível médio).

O documento tramita na Câmara dos Deputados em regime de prioridade e será analisado pelas Comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania, seguindo para aprovação no Senado.

De acordo com o documento, “o objetivo do projeto é solucionar a carência de pessoal no Tribunal, decorrente do aumento de trabalho, a fim de viabilizar o exercício da função do órgão trabalhista, e por consequência, a qualidade da prestação jurisdicional”. A lotação será conforme as necessidades do Tribunal.

Para o relator da Comissão, o deputado Roberto Santiago, o concurso deve ocorrer o quanto antes, já que a Justiça do Trabalho da região conta, atualmente, com apenas 478 cargos efetivos e o estado ficou em 10º lugar no Relatório Geral da Justiça e Trabalho de 2008, se aproximando de tribunais de grande porte, como o de Minas Gerais e superando percentualmente o Regional do Rio de Janeiro.

Atribuições – De acordo com o edital anterior, os analistas realizam funções de planejamento, coordenação, supervisão, orientação e execução de tarefas envolvendo a elaboração de informações, relatórios, estudos, projetos e pareceres de natureza jurídica. Já os técnicos são responsáveis por tarefas de apoio administrativo envolvendo digitação e redação de expedientes simples e/ou padronizados, elaboração de gráficos, mapas e tabelas, movimentação, guarda e arquivamento de processos e expedientes de natureza variada e informações ao público.

Seleção anterior- Em 2006, o órgão lançou edital para 50 vagas de níveis médio e superior para os mesmos cargos solicitados no projeto. Na ocasião, os salários variaram de R$ 1.858 a R$ 3.103. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas. Os candidatos passaram por provas objetivas de conhecimentos específicos e gerais.

Samantha Cerquetani/SP

Veja também:

SEFAZ/SP: comissão de concurso já está formada

Saúde/SP : vagas para concurso da saúde são alteradas

+ Resumo do Concurso TRT

TRT
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: MS

+ Agenda do Concurso

19/10/2010 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas