Estatal

Presidente dos Correios anuncia afastamento do cargo

General Juarez Cunha pediu sua saída dos Correios logo após o presidente Bolsonaro dizer que ele seria demitido

Redação
Publicado em 19/06/2019, às 16h51 - Atualizado em 24/06/2019, às 08h03

General Juarez Aparecido de Paula Cunha
José Cruz/Agência Brasil

O presidente dos Correios, general Juarez Aparecido de Paula Cunha, anunciou sua saída da estatal por meio de publicação no Twitter.

"Hoje me afasto dos Correios. Foram 7 meses de alegria, obtivemos excelentes resultados, conduzimos a recuperação da Empresa e fizemos grandes amigos. Saldo muito positivo e a certeza que vocês continuarão no cumprimento da missão. Um abraço a todos!", diz Cunha.

Vale lembra que a saída do dirigente já era prevista. Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro comentou sua decisão em demitir o presidente da estatal, só que ainda não havia delimitado o momento de efetuar a troca.

Cunha estava na mira de Bolsonaro por ter se comportado como "sindicalista", conforme as próprias palavras do presidente.

Prova anterior Anvisa

Para auxiliar nos estudos, o JC Concursos liberou as provas dos últimos concursos dos  CORREIOS, além dos gabaritos para consulta das questões aplicadas. Avalie se a organizadora será a mesma para o novo processo de seleção.

Sobre Correios

Os Correios tiveram sua origem no Brasil em 25 de janeiro de 1663, com a criação do Correio-Mor no Rio de Janeiro, então capital da Colônia. Em 1931 o decreto 20.859, de 26 de dezembro de 1931 funde a Diretoria Geral dos Correios com a Repartição Geral dos Telégrafos e cria o Departamento dos Correios e Telégrafos. A ECT foi criada a 20 de março de 1969, como empresa pública vinculada ao Ministério das Comunicações mediante a transformação da autarquia federal que era, então, Departamento de Correios e Telégrafos (DCT). Nos anos que se seguiram, vários serviços foram sendo incorporados ao portfólio da empresa.

Além dos tradicionais serviços de cartas, malotes, selos e telegramas, entre os novos serviços podem ser destacados os pertencentes à família Sedex, serviço de encomendas expressas. Impulsionados pelas mudanças tecnológicas, econômicas e sociais, os Correios iniciaram em 2011 um profundo processo de modernização. Com a sanção da Lei 12.490/11, a empresa teve seu campo de atuação ampliado e foi dotada de ferramentas modernas de gestão corporativa para enfrentar a concorrência. Com a nova lei, os Correios podem atuar no exterior e nos segmentos postais de serviços eletrônicos, financeiros e de logística integrada; constituir subsidiárias, adquirir controle ou participação acionária em empresas já estabelecidas e firmar parcerias comerciais que agreguem valor a sua marca e a sua rede de atendimento.

Ao todo são mais de cem produtos e serviços oferecidos pela maior empregadora do Brasil (no início de 2008 com mais de 109 mil empregados próprios, além dos terceirizados), sendo a única empresa a estar presente em todos os municípios do país, com uma vasta rede de unidades próprias e franqueadas. Diversos dos produtos e serviços da ECT podem ainda ser adquiridos pela internet.

Comentários

Mais Lidas