Concurso Correios: metade dos brasileiros são contra a privatização

A privatização dos Correios é um dos objetivos da equipe econômica do governo Bolsonaro, que já realizou estudos para analisar a venda da estatal

Redação
Publicado em 02/02/2021, às 09h25

None
Agência Brasil

Na última segunda-feira (01), o Instituto Paraná Pesquisas divulgou um estudo sobre a percepção do brasileiro em relação a privatização dos Correios. A pesquisa aponta que 50,3% dos entrevistados são contrários a venda da estatal de logística. Enquanto que 43,1% são favoráveis a privatização, já 6,5% não souberam opinar ou não responderam.

A faixa etária que mais defende a privatização dos Correios é a de 25 a 59 anos, com uma oscilação entre 44% a 46%. Já os mais jovens (idade entre 16 a 24 anos) são os que menos defendem com uma porcetagem de 35,3%. A população com mais de 60 anos, 42,1% são a favor de privatizar.

Considerando o nível de escolaridade, a privatização é mais defendida para quem tem ensino superior – 49,5%. O índice cai para 42,8% entre os que têm ensino médio e 39,2% entre os que concluíram o ensino fundamental.

Realizado entre os dias 22 e 26 de janeiro, o levantamento consultou por telefone 2.020 pessoas de 208 municípios de todos os estados e do Distrito Federal. O grau de confiança é de 95% e a margem de erro, de aproximadamente 2% para os resultados gerais.

Comentários

Mais Lidas