MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

54% dos profissionais dizem estar exaustos, revela pesquisa

A OMS reconhece Burnout como uma síndrome ocupacional desde janeiro de 2021 e vem afetando diversos profissionais em todo o mundo

Profissionais andam mais cansados e sobrecarregados
Profissionais andam mais cansados e sobrecarregados - Freepik
Victoria Batalha

Victoria Batalha

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/02/2023, às 10h27 - Atualizado às 10h33

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Segundo uma pesquisa da Betterfly, os profissionais nunca estiveram tão cansados em relação ao trabalho. Tanto que assuntos como demissão silenciosa (quiet quitting) vem ganhando cada vez mais destaque em notícias. Ainda conforme o estudo, 40% dos trabalhadores querem se demitir de seus atuais empregos.

O estudo foi feito com quatro mil profissionais do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Espanha, Equador, Peru e México, fazendo parte do relatório de bem-estar de 2022 da Betterfly. 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece a síndrome de Burnout como uma síndrome de ocupacional desde 2021. Os sintomas envolvem esgotamento emocional e físico, podendo atingir qualquer profissional em qualquer área. 

Profissionais estão exaustos

54% dos profissionais estão exaustos, segundo o levantamento. E 50% afirmam que se sentem sobrecarregados com o trabalho. 47% não conseguem reconhecer como estão se sentindo em relação ao emprego. 

Quando perguntados sobre o que define o bem-estar no ambiente profissional, 61% disseram que o tema está ligado a fazer parte de uma equipe que tenha um bom ambiente de trabalho e 60% responderam ser sobre a felicidade ao fazer suas atividades. Para 48% é sobre conseguir equilibrar a vida profissional com a vida pessoal. 

Como equilibrar vida pessoal e profissional

Ainda assim, é possível encontrar um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Por exemplo, estabelecendo prioridades, reservando um tempo específico para trabalhar e também relaxar. Criar uma rotina também pode fazer toda a diferença, já que assim você vai conseguir saber quais são as suas atividades diárias e o que deve ser feito.

Falar o “não” também é importante. Se você se sente sobrecarregado com o trabalho ou com muitos compromissos pessoais, saiba quando dizer o não para as atividades que não são essenciais para o momento, fazendo uma coisa de cada vez. Caso sinta necessidade, não tenha medo em dividir as tarefas com outros colegas e também com a família, assim a sobrecarga não fica com uma única pessoa. 

Faça atividades que te agradam, como ler, atividades físicas, sair e passear. Procure por coisas te ajudam a relaxar e desconectar do resto. Isso vai aliviar o estresse, diminuindo as chances da Síndrome de Burnout. Descansar é importante, se for preciso, desligue o aparelho celular e não fique verificando e-mails de trabalho ou respondendo mensagens fora do seu horário de trabalho. 

Siga o JC Concursos no Google News

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.