Emprego na indústria paulista registra alta

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) divulgou no último dia 12 que o emprego da indústria

Redação
Publicado em 14/06/2007, às 13h31

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) divulgou no último dia 12 que o emprego da indústria de transformação paulista registrou alta de 1,09% em relação a abril, gerando a abertura de 24 mil vagas. Mais uma vez, o setor sucroalcooleiro foi o responsável por 16 mil e 100 novos empregos no estado de São Paulo.

O acumulado do ano também apresentou alta de 6,66%, o que em números absolutos representa 138 mil vagas. Desse total, 100.740 vagas, ou seja, 73% dos postos de trabalho estão concentrados no setor de açúcar e álcool, enquanto os demais segmentos respondem por 27%. Na variação dos 12 meses, o avanço é de 2,53% o que representa 55 mil postos de trabalhos abertos.

Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp, considerou positivo o resultado e afirmou que embora o setor de cana-de-açúcar seja, mais uma vez, o responsável pela maioria das contratações da indústria paulista, o crescimento de 27% apresentado em outros segmentos é bastante expressivo. "O setor têxtil apresentou expansão no ano de 4,94% o que mostra uma recuperação razoável, assim como o da construção civil, que por agregar outros setores da indústria de minerais não metálicos como cimento, tijolos, e outros materiais, aumentou 3,60% este ano".

Em maio, os setores que mais contrataram foram Fabricação de Coque, Refino de Petróleo, Elaboração de Combustíveis Nucleares e Produção de Álcool (5,74%), Fabricação de Outros Equipamentos de Transporte (4,77%) e Fabricação de Produtos Alimentícios e Bebidas (4,33%). Os setores que registraram resultados negativos foram Preparação de Couros e Fabricação de Artefatos de Couro, Artigos de Viagem e Calçados com (-2,97%), Fabricação de Material Eletrônico e de Aparelhos e Equipamentos de Comunicações (-0,63%).

Fonte: Assessoria de Imprensa da Fiesp

Comentários

Mais Lidas