MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Alimentos diários dos atletas de alta performance; saiba como usar para melhorar o rendimento

Alimentos são opções para ajudar no condicionamento físico e a recuperação de atletas. Saiba como utilizá-los para melhorar o rendimento no seu dia a dia

Glícia Lopes* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 28/06/2022, às 18h56

Alguns alimentos auxiliam na melhora do rendimento físico no dia a dia | Foto: Freepik
Alguns alimentos auxiliam na melhora do rendimento físico no dia a dia | Foto: Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

É fato que atletas demandam mais disposição de energia para dar conta das intensas atividades exigidas no cotidiano. Para isso, com orientação de um bom profissional de nutrição, eles têm acesso a alimentos que têm a capacidade de turbinar o organismo para melhorar o rendimento.

Conforme o corpo vai liberando energia para atender não somente a exercícios físicos e treinamentos, como é o caso dos atletas, mas também à rotina de trabalho, estudos, de afazeres domésticos, o corpo precisa repor os nutrientes perdidos. Para isso, é necessária a escolha de alimentos que vão dar o suporte necessário para a realização de todas essas atividades desgastantes.

As principais substâncias necessárias para melhorar o rendimento diário são:

  • Carboidratos, que são fonte primária de energia, principalmente diante de atividades de grande intensidade
  • Proteínas, que agem recuperando e promovendo o crescimento muscular
  • Gordura, que desempenha o papel fundamental de compor o quadro energético, melhorando os níveis saudáveis dos hormônios

Se alimentar de maneira equilibrada, incluindo os nutrientes citados acima, de forma balanceada, é o ideal para a melhora da performance diária. É importante adequar a alimentação às necessidades de cada pessoa.

+++ Orgulho LGBT+: os desafios para o cuidado em saúde mental da população

Conheça os alimentos que ajudam a melhorar o rendimento de atletas

  • Batatas doces: famosinha entre os atletas, esse alimento é rico em vitaminas A e C, que são antioxidantes e ajudam na remoção de radicais livres do organismo. Reduzem a pressão arterial, aumentando a saúde do coração. Também são ricas em vitaminas e minerais como ferro, manganês e potássio.
  • Feijões e legumes: não possuem gordura saturada e contém fibras, aumentando a sensação de saciedade.
  • Massa: conhecida como vilã, mas é parte importante no fornecimento de energia, se consumida de forma adequada. O corpo em atividade queima, constantemente, gordura e proteína e os carboidratos cumprem a função de combustível para que o corpo continue ativo. A opção de massa influencia nessa função, sendo melhor a integral, que contém menos açúcar.
  • Leite: fonte de carboidratos e proteínas, efetivos na recuperação muscular.
  • Aveia: contém bastante carboidratos em sua composição, aumentando o fornecimento de energia para o corpo, além de ser rica em fibras, que promovem maior saciedade. Também ajudam a prevenir doenças cardíacas.
  • Vegetais escuros como espinafre, couve, brócolis, couve-flor e couve de bruxelas: têm propriedades antioxidantes, são ricos em vitaminas e minerais que ajudam a melhorar o rendimento físico, com a presença de vitaminas A, K e B6 e cálcio, que são anti-inflamatórias. O ferro presente nesses alimentos fornecem mais oxigênio aos músculos.
  • Salmão: possui gorduras saudáveis, proteína magra para a construção dos músculos e ácidos graxos como o ômega-3 que auxilia na redução da inflamação provocada pelo excesso de atividade física. também promove a limpeza das artérias, ajudando a combater doenças cardíacas.
  • Nozes: ricas em proteínas, gorduras saudáveis, fibras e antioxidantes como a vitamina E. Ajudam a equilibrar o açúcar no sangue e ajudam na permanência da energia dos carboidratos por mais tempo no organismo. Contém anti-inflamatórios que diminuem o colesterol ruim e reforçam a saúde óssea.
  • Óleo de linhaça, azeite e coco: são outros tipos de gorduras “boas”, monoinsaturadas. O azeite de oliva contém propriedades anti-inflamatórias, que ajudam na recuperação do corpo. O óleo de linhaça possui ômega-3, também anti-inflamatório, além de fibras e proteínas. Já o óleo de coco tem em sua composição triglicéridos, que auxiliam na resistência física.

Além disso, para repor fluidos perdidos durante as atividades diárias intensas e, assim, melhorar o rendimento, podem ser consumidos alimentos frescos como melancia, laranjas e tâmaras, além de verduras como pimentão, aipo, espinafre e rabanetes.

+++ Governadores acionam STF para suspender lei que limita cobrança do ICMS; saiba mais

*Estagiária sob supervisão da jornalista Mylena Lira

+++ Acompanhe as principais informações sobre Saúde no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.