MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

TDAH em adultos: saiba se você tem o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade

O TDAH em adultos é um problema recorrente, já que uma parte das crianças com o transtorno não têm o diagnóstico adequado. Saiba identificar o distúrbio

Glícia Lopes

Glícia Lopes

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 04/08/2022, às 11h27

Mulher em mesa de trabalho/estudo com mãos na cabeça
Mulher em mesa de trabalho/estudo com mãos na cabeça - Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Ministério da Saúde aprovou nesta quarta-feira (3) o protocolo clínico e diretrizes terapêuticas do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). O documento aborda aspectos de diagnóstico, critérios de inclusão e de exclusão, tratamento e mecanismos de regulação, controle e avaliação do transtorno. O texto publicado pela pasta aponta ainda que, TDAH em adultos é comum, embora seja diagnosticado com frequência durante a infância.

Segundo a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), o TDAH é um distúrbio neurobiológico que pode ser maior observado em idade escolar, já que o transtorno afeta características comportamentais como atenção, organização e responsabilidade.

A ABDA lembra ainda que o TDAH não está associado a fatores culturais ou psicológicos, mas que é uma condição biológica que afeta a região frontal do cérebro, que atua na inibição do comportamento e no controle da atenção. Para a Associação, o diagnóstico precoce é a melhor maneira de melhorar a vida da pessoa com TDAH, já que a partir daí é possível realizar o tratamento adequado para o transtorno.

+++ Saúde mental no trabalho: saiba como organizar uma rotina saudável

TDAH em adultos: saiba como identificar

As pessoas adultas com o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) costumam conviver com um sofrimento, já que esta fase da vida requer muito de características do comportamento que são afetadas pelo TDAH, como: organização, controle das emoções, concentração, responsabilidade, atenção. Por isso, deve-se considerar o diagnóstico de TDAH em adultos também.

De acordo com a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), estima-se que o TDAH afeta cerca de 3% da população mundial de crianças. O Ministério da Saúde aponta que aproximadamente 60% das crianças e adolescentes com TDAH vão entrar na fase adulta com sintomas da desordem.

Para saber como identificar o transtorno, a ABDA aponta os seguintes sintomas:

  • Instabilidade profissional
  • Rendimento abaixo da capacidade intelectual
  • Falta de foco e atenção
  • Dificuldade de seguir rotinas
  • Tédio
  • Maior incidência de divórcios e separações conjugais
  • Maior incidência de acidentes de trânsito
  • Dificuldade de planejamento e execução das tarefas propostas
  • Maior índice de desemprego
  • Procrastinação
  • Ansiedade diante das tarefas não estimulantes
  • Maior índice de desistência em Universidades / evasão escolar
  • Dificuldades nos relacionamentos; relacionamentos instáveis
  • Frequente alteração de humor
  • Frequentes esquecimentos, perdas e descuidos para datas e reuniões importantes
  • Dificuldades para expressar suas ideias, colocar em prática o que está pensando/em sua cabeça
  • Dificuldade para escutar e esperar a sua vez de falar
  • Frequente busca por novas coisas que o estimulem; intolerância a situações monótonas e repetitivas
  • Repetição frequente de erros, frequente falta de atenção com coisas simples

Se você observar uma quantidade significativa desses aspectos, é importante procurar um profissional, a fim de iniciar a abordagem terapêutica e o tratamento. O Ministério da Saúde indica o contato com médico psiquiatra ou neurologista, por exemplo, para o diagnóstico adequado. Além do tratamento com medicamentos, a Terapia Cognitiva Comportamental, realizada por psicólogos, é também uma medida adotada para diminuir os transtornos.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Saúde no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.