MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

4 filmes na Netflix e Globoplay que todo concurseiro deveria assistir

JC selecionou filmes na Netflix com histórias inspiradoras. É importante reservar pequenos momentos de lazer, pois ajuda a reduzir a ansiedade e o estresse, abrindo espaço para maior concentração e produtividade nos estudos

Mylena Lira | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 03/03/2022, às 21h05

Filmes na Netflix: casal está no sofá assistindo Netflix
Filmes na Netflix: casal está no sofá assistindo Netflix - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A vida de concurseiro exige muita dedicação e algumas renúncias em busca da posse. Há quem trabalhe e estude, restando pouco (ou nenhum) tempo para descanso. Alguns conseguem destinar o dia integralmente ao aprendizado, o que não torna a trajetória rumo à aprovação menos desgastante. Porém, focar em concurso público pode ser uma alternativa para os que buscam por estabilidade, benefícios mais vantajosos dos que os oferecidos pela iniciativa privada e bons salários. Para ajudar os concurseiros a se manterem firmes nos estudos, o JC Concursos lista 4 filmes na Netflix e na Globoplay que são fontes de inspiração.

Mesmo quem está com edital aberto, momento que demanda mais entrega, pode tirar algumas horinhas do dia para assistir os longas indicados. Afinal, é importante reservar um tempo para lazer. Isso porque momentos de prazer reduzem a ansiedade e o estresse, abrindo espaço para maior concentração e produtividade no dia seguinte.

Para não bater aquela culpa, primeiro vença seu cronograma ou ciclo de estudo e depois, como recompensa por conseguir estudar o que deveria no dia, permita-se pegar uma pipoca e sentar na frente da TV. O JC elencou filmes na Netflix e na Globoplay com histórias de superação que podem servir como uma injeção de ânimo e ajudar o candidato a concurso público a seguir essa jornada, muitas vezes solitária. Confira:

4 filmes na Netflix e Globoplay para concurseiro

O menino que descobriu o vento (2019) - Baseado em fatos reais, o filme conta a trajetória de um garoto que, inspirado por um livro de ciências, constrói uma turbina eólica para salvar seu vilarejo da fome. William Kamkwamba é morador de Malawi, na África, localidade afetada por intensas chuvas, o que impede a colheita e deixa a comunidade sem fonte de renda e de alimentação.

A educação é colocada como instrumento de transformação, somada à determinação do garoto. Mesmo sem as codições ideais ou acesso ao melhor ensino à época, Kamkwamba consegue, mediante o esforço necessário, mudar a realidade da sua comunidade e da sua família, pois com a turbina eólica construída possibilita o plantio novamente. No final do longa, o público descobre que Kamkwamba acabou se formando em engenharia.

Mais forte que o Mundo - A História de José Aldo (2016) -  Após uma infância difícil, o lutador nato José Aldo enfrenta seus demônios na escalada para ser campeão de MMA. Assim começa a sinopse do filme na Netflix. O longa inspira a utilizar os obstáculos da vida como combustível para mudar de vida. Vindo de um lar com problemas familiares, Aldo teve que superar não só dificuldades financeiras para se mater no esporte, mas também vencer questões pessoais. É uma história sobre apanhar e levantar. Com muita obstinação, o lutador de MMA se tornou os maiores atletas do UFC.

A teoria de tudo (2014) - Mais uma história inspiradora. O britânico Stephen William Hawking foi um dos mais renomados cientistas. O físico revolucionou a forma como entendemos o universo. Porém, ele batalhou muito para alcançar esse status. Hawking teve que lidar com as críticas às suas teorias, tidas como extravagantes ou bizarras, e lutar contra uma doença extremamente delibitante: a ELA.

A Esclerose Lateral Amiotrófica é uma doença que afeta o sistema nervoso de forma degenetariava e progressiva e acarreta paralisia motora irreversível, eliminando capacidades cruciais, como falar, movimentar, engolir e até mesmo respirar, segundo o Ministério da Saúde. Contudo, o cientista venceu suas limitações e seguiu nos estudos sobre suas teorias, muitas confirmadas e reconhecidas, como a dos buracos negros. Veio a falecer em 2018, aos 76 anos - 55 aos após as primeiras manifestações da doença.

Jobs (2013) - Ashton Kutcher interpreta o empresário Steve Jobs. Antes de ser o sócio-fundador da Apple, Jobs é mostrado como um hippie sem dedicação aos estudos. Porém, ele não precisou de diploma universitário (abandonou os estudos acadêmicos) para construir o seu império e revolucionar o mercado com o lançamento do iPod, Mac e IPhone, por exemplo. Apesar das críticas recebidas quando foi lançado, em 2013, vale investir 2 horas e 7 minutos para ver como a perseverança, a criatividade e a genialidade de Jobs o conduziram até que alcançasse suas metas.

+++Acompanhe as princpais notícias sobre Concursos e Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.