MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Consumidores poderão receber dinheiro por falta de água, luz, telefone ou internet

Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara aprova lei que assegura aos consumidores o direito de receber dinheiro por interrupção de serviços

Homem segura notas de dinheiro
Homem segura notas de dinheiro - Agência Brasil
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 28/11/2023, às 21h02

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Os consumidores poderão receber dinheiro por falta de água, luz, telefone ou internet, foi o que definiu a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados, ao aprovar projeto de lei que assegura compensação financeira a esses brasileiros. 

A versão do texto aprovada prevê que o provedor será obrigado a ressarcir o usuário com um montante considerado razoável, seguindo critérios a serem estabelecidos posteriormente. Essa compensação não exclui a possibilidade de o cliente buscar outras formas de reparação.

+ Saiba quem tem direito a almoçar por R$ 1 no Bom Prato; Café da manhã custa R$ 0,50

Saiba como irá funcionar 

A fatura do serviço deverá detalhar as datas e os horários das interrupções, além de apresentar de maneira clara a extensão e a frequência dessas falhas.

Não será devida nenhuma compensação se a interrupção resultar exclusivamente de negligência do consumidor, de eventos fortuitos e inevitáveis, ou de manutenção previamente informada com 48 horas de antecedência, desde que não ultrapasse 4 horas por mês.

O texto aprovado é o substitutivo proposto pelo relator, deputado Gilson Daniel (Pode-ES), para o Projeto de Lei 3172/19, de autoria do deputado Carlos Henrique Gaguim (União-TO), e outros três projetos apensados. O relator unificou as quatro propostas em um novo texto.

As alterações são incorporadas ao Código de Defesa do Consumidor, visando fortalecer a atuação dos órgãos reguladores e proteger os usuários que buscam a defesa de seus direitos, conforme destacou Gilson Daniel.

Veja tramitação 

Neste momento, o projeto tramita em caráter conclusivo e ainda passará por análise das comissões de Comunicação; de Trabalho; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Normalmente, um Projeto de Lei (PL) tramita na Câmara dos Deputados seguindo algumas etapas específicas. O processo de tramitação envolve várias fases, desde a apresentação do projeto até a sua eventual aprovação ou rejeição. Dentre elas, estão a apresentação, o encaminhamento para uma ou mais comissões temáticas.

A partir disso, cada comissão irá designar um relator que será responsável por elaborar um parecer sobre o projeto. Logo após, o projeto é discutido e votado na comissão que está tramitando. Se aprovado, é encaminhado para a próxima comissão relacionada ao assunto.

Após passar por todas as comissões, o projeto é encaminhado para o plenário da Câmara dos Deputados. Lá, os deputados discutem o projeto, apresentam emendas e votam sua aprovação ou rejeição.

Se o projeto for aprovado na Câmara, ele é encaminhado ao Senado Federal, onde passará pelas mesmas etapas de tramitação (comissões, parecer, discussão e votação). Caso o projeto seja aprovado tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado, ele é enviado ao presidente da República para sanção ou veto.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.