MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Doe sangue e ganhe benefício na hora de se inscrever em concurso público

Quer praticar a solidariedade e ainda ser beneficiado em concurso público? A Fundação Pró-Sangue, do estado de São Paulo, está com o estoque de sangue baixo e precisa de doador

Homem faz sinal de positivo ao lado de bolsa de sangue
Homem faz sinal de positivo ao lado de bolsa de sangue - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 29/05/2023, às 17h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Você quer exercer um ato de solidariedade e ainda ser beneficiado em concurso público? Então, atenda ao chamado da Fundação Pró-Sangue, órgão responsável pelo abastecimento de sangue nos hospitais do Estado de São Paulo. A entidade emitiu um alerta, pois os bancos de sangue estão abaixo do ideal. Doar sangue pode salvar até quatro vidas e garantir isenção em processo seletivo.

Nessa época do ano, com a proximidade do inverno e das férias escolares, as doações já costumam diminuir, mas a situação atual é considerada crítica em SP, especialmente para os tipos sanguíneos B+, O-, B- e O+. No dia 25 de maio, por exemplo, o estoque do tipo O+ registrava apenas 58 bolsas de sangue, enquanto o ideal seria acima de 589 bolsas.

Essa escassez de doações tem se tornado um problema emergencial desde o início da pandemia, conforme afirma o médico assistente da Pró-Sangue, Carlos Roberto Jorge. "Essa deficiência de sangue para nós é um problema enorme, porque não é só o Hospital das Clínicas que atendemos, nós temos quase 100 hospitais que diariamente vêm buscar sangue conosco e a gente não está conseguindo atender", declarou.

+Imposto de Renda: Prazo está acabando! Entregue sua declaração agora!

Como doar sangue?

Para incentivar a doação de sangue, a Pró-Sangue destaca a importância do Os doadores precisam fazer o agendamento online, no site prosangue.sp.gov.br, para garantir o atendimento nos postos de coleta. O processo de doação em si leva de 8 a 10 minutos, incluindo a realização de testes e o preenchimento de um questionário.

O sangue não engrossa e não reflete no peso do doador. É possível doar sangue uma vez por ano, 2 ou até 4 vezes por ano, se for homem, e parar quando quiser. O sangue não engrossa e não reflete no peso do doador. Além disso, a Fundação reforçar que não há risco de contaminação porque todos os materiais utilizados na doação são descartáveis, e nada entra em contato direto com o sangue do doador.

Para doar, é preciso ter 50 Kg ou mais. Isso porque o volume de sangue total a ser coletado é diretamente relacionado ao peso do doador. Para os homens, o volume não pode exceder a 9 ml/kg de peso, e para as mulheres, 8 ml/kg de peso. Existem outros requisitos para conseguir doar:

  • Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (se for menor de idade, só com autorização dos pais e responsáveis);
  • Estar com a saúde em dia;
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
  • Apresentar documento original com foto recente (RG, CNH, etc);
  • Não ingerir bebida alcoólica, no mínimo, 12 horas antes da doação; e
  • Não estar em jejum (comer, mas evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

Vale ressaltar que menores de 18 anos devem estar acompanhados dos responsáveis, que precisam autorizar o procedimento. Homens podem doar a cada dois meses e mulheres, por conta da perda durante o período menstrual, a cada três.

+CET suspende rodízio em São Paulo. Saiba o motivo

Quem não pode doar sangue?

Existem algumas pessoas temporariamente impedidas de doar sangue. Sendo assim, passado o prazo, a doação de sangue em SP é permitida. É o caso de quem está grávida, amamentando (parto há menos de 1 ano), acabou de ter filho (até 180 se foi cesária), está com herpes labial, quem esteve há menos de 12 meses em alguns estados brasileiros ou países com alta prevalência de malária, entre outras ocasiões.

Algumas pessoas, contudo, nunca poderão ser doador. Entre elas quem tem ou teve um teste positivo para HIV, já teve malária, teve hepatite após os 10 anos de idade, tem doença de chagas, é diabético e faz uso de insulina, teve algum tipo de câncer ou apresenta problemas graves no pulmão, coração, rins ou fígado. Todas as situações impeditivas podem ser consultadas no site da Pró-Sangue.

Isenção em concurso público via doação de sangue

Não são todos os processos seletivos que contam com esse benefício. Na maioria das vezes, a taxa de inscrição não é exigida de candidatos hipossuficientes, que não conseguem arcar com o custo sem prejudicar o sustento da família. Porém, existem diversas leis municipais e estaduais que garantem a isenção em concurso público para os candidatos doadores de sangue. Em geral, é exigida a comprovação de pelo menos duas doações em 12 meses, mas para mulheres pode ser cobrada apenas uma. 

Essa previsão vem expressa no edital de abertura do concurso, por isso é importante ler com atenção o documento. Quando não estão em tópico específico, as regras de isenção constam na parte de inscrição. O comprovante de doação é exigido para a concessão do benefício, por isso guarde o documento em local adequado para ter quando preciso. 

Além disso, é importante destacar que o doador de sangue tem direito a um dia de folga no trabalho a cada 12 meses trabalhados, de acordo com a legislação vigente.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.