MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Falta de vacinação infantil contra a Covid-19 pode prejudicar volta às aulas

Com nova onda de transmissão de Covid-19 pela variante Ômicron, falta de vacinação infantil contra o vírus pode prejudicar a volta às aulas em 2022

JEAN ALBUQUERQUE | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 07/02/2022, às 21h04

Falta de vacinação infantil contra a Covid-19 pode prejudicar volta às aulas
Falta de vacinação infantil contra a Covid-19 pode prejudicar volta às aulas - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Os estados no início deste mês optaram por manter o ano letivo com as aulas presenciais mesmo com a explosão dos casos de Covid-19, de acordo com o levantamento realizado pela Agência Brasil. A falta de vacinação infantil contra a Covid-19 pode prejudicar a volta às aulas, o país vive uma nova onda de transmissão pela variante Ômicron.

Em relação à exigência da vacina no retorno às aulas, cada rede de ensino, sendo municipal, estadual ou particular, pode optar pela definição se vai exigir o comprovante de vacinação ou não do aluno. No vídeo abaixo, o médico oncologista, cientista e escritor brasileiro, Drauzio Varella fala sobre a vacinação infantil contra a Covid-19.

+ Uso de máscaras permanece obrigatório na volta às aulas presenciais

Vacinação infantil contra a Covid-19; Estados voltam às aulas 100% presencial 

Mesmo sem a exigência do comprovante de vacinação infantil e diante do aumento do contágio da doença pelo vírus, alguns estados retomaram as aulas para o início do ano letivo em formato 100% presencial nesta segunda-feira (7). 

O retorno em formato 100% presencial em 2022 — desde de um longo período na modalidade do ensino remoto — requer a atenção dos pais e responsáveis para a importância da vacinação infantil contra a Covid-19, no período em que se tem explosão de casos do vírus no país.  

Protocolos de segurança contra a Covid-19

Nos estados em que foi mantido o calendário escolar com atividades presenciais, estão sendo adotadas medidas para conter o avanço do contágio pelo vírus, como o uso obrigatório de máscara, a disponibilização de álcool em gel, medição da temperatura e o distanciamento entre as carteiras. 

Até o momento, sete estados já deram início às atividades escolares no formato presencial, confira lista:

  • Alagoas
  • Bahia
  • Mato Grosso
  • Minas Gerais 
  • Paraná
  • Rio de Janeiro
  • Santa Catarina

Em relação às redes municipais de ensino, as aulas foram retomadas no formato 100% presencial nas capitais, confira: Vitória, Cuiabá, Boa Vista, Rio de Janeiro e São Paulo. No caso da capital do Pará, Belém, o ano letivo começou de maneira remota em 24 de janeiro e retomaram de forma presencial também nesta segunda. Outros estados devem ir retornando às aulas durante o mês de fevereiro. 

Desde o início da vacinação infantil contra a Covid-19, o governo federal, os estados, os municípios e a sociedade civil têm se preocupado e lançado campanhas para tentar mobilizar os pais e responsáveis a vacinar as crianças e adolescentes contra o vírus. 

* Com Agência Brasil 

+++Acompanhe as principais informações sobre os benefícios sociais no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.