Salário mínimo 2022 alcança valor recorde, mas perde para a inflação

Aprovado pelo Congresso Nacional, aumento do salário mínimo 2022 entra em vigor em fevereiro do próximo ano, mas perde para inflação de diversos setores

Ricardo de Oliveira - jrloliveira@jcconcursos.com.br
Publicado em 26/12/2021, às 19h21 - Atualizado em 27/12/2021, às 07h39

Aumento do Salário Mínimo em 2022 - Divulgação
Aumento do Salário Mínimo em 2022 - Divulgação - Salário Mínimo 2022 tem aumento de 10,4%

Parlamentares se reuniram na última semana, véspera de natal e pouco antes do início do recesso, para aprovar, em sessão do Congresso Nacional, o projeto da Lei Orçamentária Anual (PLN 19/2021) que inclui novos gastos sociais e o aumento do salário mínimo em 2022.

O Orçamento de 2022 destina R$ 89 bilhões para o pagamento do Auxílio Brasil, no valor de R$ 400 mensais por família, e salário mínimo já aprovado no valor de R$ 1.210, que também causa impacto nas contas públicas. O aumento representa um reajuste de 10,04%. Comparado com a prévia do IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15), que mede a inflação oficial, 2021 fechou em 10,42% nos últimos 12 meses.

IPCA-2021-indice-de-inflacao-do-brasil

Qual valor do salário mínimo em 2022?

Agora aprovado, o salário mínimo irá saltar dos atuais R$ 1.100 para R$ 1.210,44 em 2022. Contudo, apesar do reajuste, o Ministério da Economia explica que o reajuste não pode ser acima da inflação porque o governo não tem os recursos necessários e isso geraria uma crise fiscal, além do rompimento do teto de gastos. Portanto, o aumento não representa ganho real aos trabalhadores, pois é baseado apenas na projeção mais recente do governo para a inflação média acumulada em 2021.

Salário Mínimo - Tabela de Reajustes
Tabela de reajuste de salário mínimo desde 1994

Muitos setores tiveram impacto inflacionário muito maior na economia, sendo assim, o reajuste real não acompanha todos o setores, o que causa perda do poder de compra e consumo da população.

Para 2022, o PIB (Produto Interno Bruto), índice responsável por medir o crescimento ou retração do Brasil, teve suas projeções revisadas para baixo justamente em razão da elevação da inflação sobre o poder de compra das famílias nos últimos dias do ano, e agora caiu de 0,58% para 0,51%.

Para 2023, caiu de 2,00% para 1,95% e a expectativa para 2024 agora saltou de 2,00% para 2,10%. O IPCA-15, que mede a inflação no país, acumula avanço de 10,4% em 12 meses, praticamente em linha com o valor reajustado para o salário mínimo.

Quem ganha cima de um salário mínimo vai ter aumento?

O reajuste tem por base apenas quem ganham a partir de um salário mínimo. Portanto, funcionários que já possuem ganhos acima terão reajustes aplicados com base nas categorias que atuam, através dos sindicatos responsáveis pelas classes, que debaterão potenciais aumentos para justificar a disparada dos preços da economia real.

concursos abertosempregosSociedadevagas de trainee

Comentários

Mais Lidas