Profissões

O que faz um Técnico em Logística?

O Técnico em Logística é um profissional que pode atuar em todos os setores econômicos: indústria, comércio e serviços

Redação
Publicado em 25/06/2019, às 11h39

Técnico em logística
Divulgação

Logística é o processo de planejamento, implementação e controle de fluxo e armazenagem eficientes e de baixo custo de matéria-prima, estoques em processo, produto acabado e informações relacionadas, desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o objetivo de atender (e muito bem) aos requisitos do cliente.

No mundo atual, em que as exigências são cada vez maiores, um bom serviço de logística pode representar ganhos significativos para uma empresa, portanto deve ser encarado como algo fundamental, no que tange à concretização do processo de venda com eficiência e eficácia.

Como o cliente deve “sempre” ter razão, é fundamental que as empresas possuam um serviço logístico eficiente em toda sua cadeia produtiva, desde a coleta de matéria-prima até a entrega do produto final, sem deixar de lado, inclusive, a preocupação com a chamada “logística reversa”, o processo de retorno de materiais e embalagens para reciclagem.

“A logística está presente em todos os segmentos das empresas e pode dividir-se em dois tipos de atividades: as principais – compostas por transporte, manutenção de estoque e processamento de pedidos – e as secundárias – que incluem armazenagem, manuseio de materiais, embalagens, suprimentos, planejamento e sistemas de informação”, afirma Luís Picinini, especialista na área.

De acordo com o especialista, o profissional de Logística pode atuar em todos os setores econômicos: indústria, comércio, serviços. “Por meio da Logística, pode-se melhorar o nível de rentabilidade nos serviços de distribuição, planejamento, organização e controle efetivos para as atividades de movimentação e armazenagem”, diz.

Curso de Técnico em Logística

Segundo Luís, para atuar em Logística é preciso ser dinâmico, comunicativo, hábil para trabalhos em equipe, além de gostar de informática e estar preparado para adquirir diferentes competências. “O curso técnico em Logística, desenvolvido pela nossa Escola Senai “Morvan Figueiredo”, terá seu início em janeiro de 2009. Sua duração será de quatro semestres, com 1.200 horas de formação e mais 400 horas de estágio supervisionado”, conta. “É uma carreira com ótimas perspectivas de futuro”, completa.

Mercado de trabalho para o Técnico em Logística

O mercado de trabalho está aquecido para profissionais desse segmento e com boas perspectivas para o futuro. “O mercado em Logística está em crescimento, não só na área industrial, mas também na prestação de serviços, segmento que cresceu muito nos últimos anos”, analisa o especialista.

Luiz acredita que, além de obter boa formação educacional, em nível técnico e superior, o profissional de Logística deve obter atualização por meio de estudo e pesquisa. “Existe uma ampla literatura publicada sobre o assunto”. Essa área oferece diferentes possibilidades de atuação, com cargos e salários variados.

OBS: Este texto foi atualizado em junho de 2019.

Comentários

Mais Lidas