MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Guerra na Ucrânia: brasileiros são resgatados em Kiev por meio de trem

Embaixada do Brasil em Kiev, capital do país invadido por tropas militares da Rússia, programou a retirada de brasileiros e latino-americanos para as 22h (horário local) de hoje com destino à Romena. Entenda motivo da guerra na Ucrânia

Mylena Lira | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 25/02/2022, às 19h28

Guerra na Ucrânia: explosões foram ouvidas em diversas cidades
Guerra na Ucrânia: explosões foram ouvidas em diversas cidades - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Ao final do segundo dia de guerra na Ucrânia, a Embaixada do Brasil em Kiev, capital do país invadido por tropas militares da Rússia, comunicou que brasileiros e latino-americanos seriam retirados da cidade às 22h (horário local) desta quinta-feira, 25 de fevereiro de 2022, por meio de um trem com destino à Chernivtsi, no oeste da Ucrânia. De lá, os passageiros serão encaminhados para o país vizinho, a Romênia, deixando para trás o território que está sob ataque russo. 

O serviço consular tenta contratar um ônibus para trasladar os cidadãos brasileiros da fronteira até a capital romena. Contudo, a embaixada alerta que a viagem será feita por conta e risco de quem escolher embarcar, pois terão condições mínimas de prestar ajuda durante o trajeto. Além disso, não há garantia de lugares suficientes para todos no trem, pois a situação de segurança e de disponibilidade de transporte em Kiev é instável e sujeita a mudanças repentinas.

A guerra na Ucrânia começou na madrugada da última quinta-feira (24) quando uma ofensiva militar da Rússia bombardeou o país. As explosões foram ouvidas em diversas cidades ucranianas, mais de 100 pessoas morreram só no primeiro dia de conflito armada e putras 300 ficaram feridas. A Embaixada do Brasil na Ucrânia já havia orientado que os brasileiros deixassem o território, mas essa é a primeira opção viabilizada pelo Itamaraty para a retirada de brasileiros da Ucrânia.

Em número estimado de 500, cerca de um terço da comunidade brasileira já havia feito o recadastramento junto à embaixada para se manter informado quanto às providências que seriam tomadas diante da guerra na Ucrânia. O governo brasileiro orientou portar o mínimo possível de bagagem e apresentar documento de identificação na plataforma, sem necessidade de comprar bilhete. Além disso, fez as seguintes ressalvas aos interessados:

  • seria dado prioridade a mulheres, crianças e idosos;
  • viajantes devem encontrar dificuldades na chegada;
  • há problemas com a falta de hospedagem;
  • escassez de transporte para a fronteira; e
  • existência de longas filas na imigração;

A Embaixada do Brasil em Bucareste, capital da Romênia, informará às autoridades romenas os nomes e números de documento de todos aqueles que embarcarem no trem oriundo de Kiev, para acelerar os trâmites de ingresso no país.

+Sanções contra a Rússia: veja os impactos econômicos que serão aplicados

Motivo da guerra na Ucrânia

Entre os motivos que levaram a Rússia a atacar o país vizinho está o fato da Ucrânia ter manifestado interesse em fazer parte da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), uma aliança militar internacional fundada em 1949 e que tem entre os países-membros os Estados Unidos e nações da União Europeia, como a Alemanha, a Itália e a França.

Putin consideraria o ingresso da Ucrânia na Otan uma ameaça à segurança do país. A Ucrânia fazia parte da União Soviética, extinta em 1991, e era um pedaço importante da URSS por ter a segunda maior população. O interesse da Rússia seria preservar sua influência nessa região. O artigo 5º da Carta da Otan, que trata de defesa mútua, afirma que qualquer ataque a um dos membros será considerado um ataque a todos os membros.

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Jens Stoltenberg, afirmou hoje (24) que a aliança está "trabalhando com a União Europeia, impondo sanções econômicas severas para demonstrar que será um preço muito alto para a Rússia".

+Guerra na Ucrânia pode afetar a economia do Brasil? Saiba como

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.