MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Portabilidade de conta salário pode ser feita por PIX. Entenda

O PIX, sistema de pagamento instantâneo do Banco Central, pode passar a ser usado para funcionalidade portabilidade de conta salário. Saiba como

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 08/03/2022, às 15h32

PIX pode passar a ser usado para funcionalidade portabilidade de conta salário
PIX pode passar a ser usado para funcionalidade portabilidade de conta salário - Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Mais uma facilidade para os usuários do PIX pode passar a ser realizada pelo sistema de pagamento instantâneo do Banco Central. É que a funcionalidade portabilidade de conta salário para o sistema tem sido defendida pelas entidades dos bancos digitais no Brasil, a Zetta. A entidade também aponta para a necessidade de uma reforma nas novas regras para o mecanismo, que facilitará o uso do serviço. 

A proposta de implantação da medida vem no momento em que o ritmo de crescimento das contas de pagamento no país tem perdido força. A portabilidade de conta salário foi criada em 2006 e possibilita uma maior autonomia para o usuário escolher em qual banco irá receber os pagamentos de seus empregadores. 

+ Vagas de empregos e salários na indústria crescem em fevereiro, informa CNI

Zetta quer modelo PIX para facilitar portabilidade de conta salário

De acordo com a Zetta, a última reforma neste sentido aconteceu ainda em 2018, quando deu fim à cobrança sobre o serviço, além de permitir que o processo fosse iniciado pela instituição financeira de destino. 

As entidades também afirmam que a necessidade de apresentação de documentos como RG, CPF, comprovante de endereço e número de CNPJ, bem como o prazo de 10 dias úteis para a conclusão do processo limita o interesse dos usuários pela portabilidade e a competição no sistema financeiro. 

De acordo com o presidente da Zetta e diretor de relações institucionais do Nubank, Bruno Magri, em declaração à Reuters, a funcionalidade de portabilidade deveria ser um procedimento “tão fácil quanto fazer um PIX”. Ainda sobre o assunto, Magri pontua que "o uso da portabilidade ainda é ínfimo no Brasil, em parte por causa de exigências relativamente pequenas, mas que desestimulam muito as trocas de instituição”. 

Afinal, o que é a Zetta?

A Zetta foi criada há um ano pelas instituições financeiras do mercado digital, Nubank, Mercado Pago e Inter. A entidade tem defendido pautas dos seus sócios, que conta com 20 e inclui, além dos bancos digitais, incluindo fintechs e corretoras de criptomoedas, que têm interações com o Banco Central e outros protagonistas do sistema bancário. 

Uma das principais pautas é a defesa de um modelo que possa ser mais fluido para usuários em relação a portabilidade de conta salário acontecendo em uma maior velocidade, já que a abertura de novas contas tem perdido força durante as medidas de isolamento social, que alavancaram uma maior corrida pelos serviços na modalidade on-line. 

O executivo ainda reclama que em relação às operações de crédito, a participação de bancos digitais e fintechs ainda é insignificante e essa realidade não deve mudar tão cedo.  

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.