MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Guerra na Ucrânia: aviões da FAB estão de prontidão para retirada de brasileiros

Aviões da FAB foram disponibilizados para brasileiros; após ofensiva militar guerra na Ucrânia já vitimou 198 pessoas e 1.115 ficaram feridas

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 26/02/2022, às 15h18

Aviões da FAB estão de prontidão para retirada de  brasileiros
Aviões da FAB estão de prontidão para retirada de brasileiros - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O presidente russo Vladimir Putin ordenou na madrugada da última quinta-feira (24) uma forte ofensiva militar contra o país do leste Europeu. Diante do cenário de guerra na Ucrânia a embaixada do Brasil na nação intensificou o alerta para cerca de 500 brasileiros em território ucranino. Neste caso, ainda ontem (25) foi programada a retirada de brasileiros e latino-americanos para as 22h (horário local) com destino à Romena. 

Na manhã de hoje (26) foi confirmada a informação pela Força Aérea Brasileira (FAB) de que dois aviões multimissão KC-390 Millenium foram colocados de prontidão para um possível transporte de brasileiros evacuados da Ucrânia. 

Brasileiros poderão ser retirados da Ucrânia  

As aeronaves são do mesmo modelo usado em missões humanitárias. Ainda não há detalhes sobre onde, quando e como essa retirada será realizada. Já ontem (25), foi informado pela Embaixada do Brasil na Ucrânia que seria disponibilizado um trem para o transporte de cidadãos brasileiros e latino-americanos. As pessoas deveriam partir da capital Kiev para a cidade de Chernivtsi, a oeste do país, ainda na noite de sexta-feira.

No caso, o governo brasileiro orientou os brasileiros a portar o mínimo de bagagem e apresentar documentos de identificação na plataforma do trem, já que não há a necessidade de comprar bilhetes.  Bem como prestou algumas orientações, confira: 

  • Prioridade a mulheres, crianças e idosos;
  • Viajantes devem encontrar dificuldades na chegada;
  • Há problemas com a falta de hospedagem;
  • Escassez de transporte para a fronteira; 
  • Existência de longas filas na imigração;

Em relação às aeronaves disponibilizadas, a FAB informou que “são do mesmo modelo utilizado em outras missões humanitárias internacionais: o transporte de donativos para as vítimas da explosão em Beirute, capital do Líbano, em 2020; e o apoio emergencial à tragédia causada pelo terremoto ocorrido em agosto de 2021 no Haiti", diz publicação na conta da FAB no Twitter.

Quem são os brasileiros que estão na Ucrânia?

Os cerca de 500 brasileiros em Kiev, contam com dezenas de jogadores que atuam no futebol do país. A esposa do zagueiro Marlon Santos, a Maria Paula Marinho, informou em uma publicação no instagram que eles foram avisados a ir do hotel em direção ao trem. 

A embaixada brasileira em nota alertou sobre a situação dos brasileiros na Ucrânia. “A situação de segurança e de disponibilidade de transporte na cidade é instável e sujeita a mudanças repentinas, de modo que não é possível garantir a partida ou lugares suficientes''. Prioridade deverá ser dada a mulheres, crianças e idosos.

Vítimas da guerra na Ucrânia 

Até o momento, de acordo com informações das autoridades ucranianas, ao menos 198 pessoas morreram e 1.115 ficaram feridas, isso incluindo feridos de combate e não-combatentes, também crianças, de acordo com informações do ministro da Saúde ucraniano, Viktor Lyashko, neste sábado, em mensagem no Facebook.

* Com Agência Brasil 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.