MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Atenção! Profissionais de saúde seguem liberados de rodízio de veículos em SP

Seguem liberados de rodízio de veículos em SP profissionais de saúde que residem na região metropolitana ou que atuem no serviço de saúde do município

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 26/02/2022, às 17h51

Profissionais de saúde seguem liberados de rodízio de veículos em SP
Profissionais de saúde seguem liberados de rodízio de veículos em SP - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Os profissionais de saúde seguem liberados de rodízio de veículos em SP. É que a suspensão do rodízio na capital paulistana para esses profissionais foi estendida até 31 de dezembro. A medida que entrou em vigor ainda em 19 de janeiro estava para terminar na segunda-feira (28). Segundo informações da prefeitura de São Paulo, a prorrogação da medida ocorre após a avaliação dos impactos positivos para a assistência em saúde prestada pelas categorias.

Neste caso, são beneficiados os médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. A medida vale para os residentes na região metropolitana da capital que atuem nos serviços de saúde privados ou públicos nas esferas estadual, municipal e federal no município. 

Profissionais de saúde não fazem rodízio de veículos em SP

A decisão sobre a continuidade da isenção ainda será oficializada no Diário Oficial da Cidade de São Paulo, mediante decreto municipal. De acordo com o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) a iniciativa reconhece o trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde durante a pandemia de Covid-19, bem como possibilita o deslocamento desses profissionais em momentos em que exige cuidados especiais. 

Para a comprovação, o profissional que se enquadra na medida precisa realizar o cadastro dos veículos no conselho de classe. Cabe às entidades encaminharem para a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) dados para que os motoristas possam receber a autorização especial, podendo ser liberados do rodízio que acontece normalmente para os demais públicos. 

Como funciona o rodízio para os outros públicos?

O término da placa do automóvel é que determina o rodízio de veículos. Os motoristas precisam consultar o número final da placa para saber se é permitido transitar com o veículo no dia. Confira como funciona as restrições:

  • Segundas-feiras: placas finais 1 e 2;
  • Terças-feiras: placas finais 3 e 4;
  • Quartas-feiras: placas finais 5 e 6;
  • Quintas-feiras: placas finais 7 e 8; e
  • Sextas-feiras: placas finais 9 e 0.

A proibição para os condutores só acontece durante a semana, de segunda a sexta, em dois períodos. Na parte da manhã, o rodízio de veículos em SP é das 7h às 10h. Já no turno da tarde, a restrição vale das 17h às 20h. Os motoristas precisam ficar atentos aos horários de deslocamentos. 

Qual é a multa para quem descumprir o rodízio?

Aqueles que descumprirem o rodízio de veículos em São Paulo podem receber uma multa de trânsito no valor de R$ 130,16. A infração é considerada como média pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o proprietário do carro pode ganhar quatro pontos da CNH. O documento de habilitação é suspenso ao atingir 20, 30 ou 40 pontos, dependendo do cometimento de infrações gravíssimas nos últimos 12 meses, a concessão para dirigir é suspensa por ao menos seis meses. 

Veja quem mais tem direito a liberação do rodízio

Além dos profissionais de saúde, também estão liberados para dirigir em qualquer dia e horário veículos conduzidos ou que transportem pessoas com deficiência, com doença crônica que comprometa a mobilidade ou aquelas que estejam em tratamento continuado debilitante de doença grave. Quem tem autismo e profissionais da área da saúde, por exemplo, também fazem jus à liberação. O pedido deve ser feito à Prefeitura de São Paulo por meio do Portal SP 156.

* Com Agência Brasil 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.