MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Em 6 dias de guerra, prejuízo da Rússia já supera o da segunda guerra mundial

O prejuízo da Rússia com a guerra na Ucrânia já supera em 6 dias, o orçamento da União Soviética usado na segunda guerra mundial. Entenda prejuízos

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 28/02/2022, às 21h03

Prejuízo da Rússia com a guerra na Ucrânia já supera em 6 dias, o orçamento da União Soviética na segunda guerra mundial
Prejuízo da Rússia com a guerra na Ucrânia já supera em 6 dias, o orçamento da União Soviética na segunda guerra mundial - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Desde o início da forte ofensiva militar, após decisão de Vladimir Putin de invadir o país do Leste Europeu na última quinta-feira (24), em seis dias de guerra, o prejuízo da Rússia já supera os valores gastos na segunda guerra mundial. Entenda os prejuízos. 

Até o momento, segundo informações na Ucrânia, 120 mil ucranianos já deixaram o país nas últimas 24 horas, a estimativa é de que tenha meio milhão de refugiados da guerra. Uma reunião para propor o fim da guerra na Ucrânia entre representantes dos dois países realizada nesta segunda-feira (28) fracassou. De acordo com a agência de notícias Reuters, um novo encontro pode acontecer nos próximos dias. 

Sanções e desvalorização do rublo causam prejuízo recorde para a Rússia

As sanções e a desvalorização do rublo — moeda oficial russa — já causam prejuízo recorde para a Rússia. Ao comparar os gastos em seis dias de guerra na Ucrânia, já superam as despesas da União Soviética com a segunda guerra mundial, no período de 1941 a 1945, em torno de 582,4 bilhões, o que fez atingir 55% do seu Produto Interno Bruto (PIB). 

Diante desse cenário, o prejuízo da Rússia já supera o da segunda guerra mundial, seja pela desvalorização da moeda russa, seja pelas sanções aplicadas ao país. Além de registrar o nível mais baixo da história, com o dólar valendo 109 rublos no mercado internacional, de acordo com a agência Bloomberg. 

As sanções econômicas aplicadas contra a Rússia pela guerra na Ucrânia fez o Banco Central do país dobrar a taxa de juros, além de ter iniciado controles de capital no país. A presidente da instituição, Elvira Nabiullina, afirmou que as sanções impostas ao povo russo impediram de vender moeda estrangeira para sustentar o Rublo, moeda oficial da Rússia.  

"O Banco Central aumentou hoje sua taxa básica para 20%, pois novas sanções provocaram um desvio significativo da taxa do rublo e limitaram as opções do Banco Central de usar suas reservas de ouro e câmbio", declara Nabiullina, em entrevista coletiva.

O Banco Central da Rússia admite que as sanções complicaram o cenário econômico atual do país, principalmente ao restringir sua capacidade de usar as reservas de 640 bilhões de dólares em divisas e reservas de ouro.

Conheça as sanções aplicadas contra a Rússia 

Os cidadãos ou entidades dos países Estados Unidos e Grã-Bretanha estão proibidos de realizar transações com o Banco Central Russo, o Fundo Nacional de Riqueza da Rússia ou o Ministério das Finanças russo.

Outras sanções estão previstas para acontecer enquanto a guerra na Ucrânia avança, a Suíça já admitiu a adoção de sanções da União Europeia contra russos, além de que irá congelar os seus bens, em um grande desvio das tradições do país, tradicionalmente neutro.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.