MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Rodízio de veículos é suspenso em SP durante o feriado de carnaval. Saiba quando retorna a normalidade

Segue suspenso até quarta-feira de cinzas o rodízio de veículos em SP; concessionárias preveem dois milhões de veículos utilizando a malha rodoviária

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 28/02/2022, às 18h01 - Atualizado às 19h26

Rodízio de veículos em SP segue suspenso até quarta-feira de cinzas
Rodízio de veículos em SP segue suspenso até quarta-feira de cinzas - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O rodízio de veículos na capital paulistana está suspenso desde a última sexta-feira (25) e segue até a quarta-feira de cinzas (28). De acordo com informações das concessionárias que operam as rodovias, dois milhões de veículos estão previstos para utilizar a malha rodoviária de SP. 

A restrição só terá retorno a partir desta quinta-feira (3) para os veículos com placa final 7 e 8. A proibição para os condutores só acontece durante a semana, de segunda a sexta, em dois períodos. Na parte da manhã, o rodízio de veículos em SP é das 7h às 10h. Já no turno da tarde, a restrição vale das 17h às 20h. Os motoristas precisam ficar atentos aos horários de deslocamentos. 

Como funciona o rodízio de veículos?

O término da placa do automóvel é que determina o rodízio de veículos. Os motoristas precisam consultar o número final da placa para saber se é permitido transitar com o veículo no dia. Confira como funciona as restrições:

  • Segundas-feiras: placas finais 1 e 2;
  • Terças-feiras: placas finais 3 e 4;
  • Quartas-feiras: placas finais 5 e 6;
  • Quintas-feiras: placas finais 7 e 8; e
  • Sextas-feiras: placas finais 9 e 0.

Profissionais de saúde não fazem rodízio de veículos em SP 

Os profissionais de saúde seguem liberados de rodízio de veículos em SP. É que a suspensão do rodízio na capital paulistana para esses profissionais foi estendida até 31 de dezembro. A medida que entrou em vigor ainda em 19 de janeiro estava para terminar na segunda-feira (28). Segundo informações da prefeitura de São Paulo, a prorrogação da medida ocorre após a avaliação dos impactos positivos para a assistência em saúde prestada pelas categorias.

A decisão sobre a continuidade da isenção ainda será oficializada no Diário Oficial da Cidade de São Paulo, mediante decreto municipal. De acordo com o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), a iniciativa reconhece o trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde durante a pandemia de Covid-19, bem como possibilita deslocamento desses profissionais em momentos em que exige cuidados especiais.

Qual é a multa para quem descumprir o rodízio?

Aqueles que descumprirem o rodízio de veículos em São Paulo podem receber uma multa de trânsito no valor de R$ 130,16. A infração é considerada como média pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o proprietário do carro pode ganhar quatro pontos da CNH. O documento de habilitação é suspenso ao atingir 20, 30 ou 40 pontos, dependendo do cometimento de infrações gravíssimas nos últimos 12 meses, a concessão para dirigir é suspensa por ao menos seis meses. 

* Com Agência Brasil 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.