MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Prêmios de loterias, fundos públicos e INSS também são fontes de dinheiro esquecido, diz BC

Além das contas correntes, existem outras fontes de recursos para o cidadão retirar o dinheiro esquecido pelo Sistema de Valores a Receber. Confira

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 20/02/2022, às 19h26

Prêmios de loterias, fundos públicos e INSS também são fontes de dinheiro esquecido, diz BC
Prêmios de loterias, fundos públicos e INSS também são fontes de dinheiro esquecido, diz BC - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Até o momento, quase 100 milhões de consultas foram registradas pelo Banco Central no novo Sistema de Valores a Receber, que permite acesso a dinheiro esquecido em instituições financeiras, que foi disponibilizado na noite do último domingo (13) e até a última sexta-feira (18) contabilizou 96,8 milhões de consultas. Apenas nas últimas 24 horas, acessaram a página: https://valoresareceber.bcb.gov.br/, cerca de 10 milhões. 

Muitas pessoas não sabem, mas existem mais fontes de recursos em que o cidadão pode retirar o dinheiro esquecido. São eles: Fundos públicos, revisão de benefícios da Previdência Social, abono salarial, malha fina do Imposto de Renda e até prêmios de loterias que abrigam valores deixados de lado por milhares de brasileiros.  

+ Busca por dinheiro “esquecido” registra quase 100 milhões de consultas, diz BC

Mais fontes de recursos para dinheiro esquecido. Confira 

Além de recursos esquecidos em contas bancárias, existem outras fontes de recursos que também o cidadão pode recorrer para ter acesso. A Agência Brasil fez uma lista. Confira:

Sistema de valores a receber irá liberar novo lote. Saiba quando

Para quem não tem dinheiro a receber no momento pode realizar uma nova consulta. De acordo com o Banco Central, quem não tiver dinheiro a receber nesta etapa das consultas ao novo site poderá eventualmente ter nas próximas fases do Sistema de Valores a Receber do Banco Central. Confira calendário: 

Data de nascimento (pessoa) ou de criação (empresa)Período de agendamento (consulta e resgate)Data de repescagem (para quem perder a data agendada)
Antes de 19687 a 11/312/3
Entre 1968 e 198314 a 18/319/3
Após 198321 a 25/326/3

Fonte: Banco Central 

No caso dos usuários que perderam o prazo para acesso, as repescagens acontecerão sempre aos sábados no mesmo horário, das das 4h às 24h. Quem perder o sábado de repescagem poderá pedir o resgate a partir de 28 de março, independentemente da data de nascimento ou da criação da empresa. 

Segundo informações do BC, o cidadão ou empresa que perder os prazos não precisam se preocupar. O direito a receber os recursos são definitivos e continuarão guardados pelas instituições financeiras até o correntista pedir o saque.

Após o pedido de saque, a instituição financeira terá o prazo de até 12 dias úteis para fazer a transferência. No entanto, há a expectativa de que as transações por meio do PIX possam acontecer mais rápido. 

* Com informações da Agência Brasil 

++Acompanhe as principais informações sobre os benefícios sociais no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.